Biblioteca Florestal
Digital

Perfil socioeconômico de trabalhadores do segmento de carvão vegetal e percepção da população local em Curimatá-PI

Show simple item record

dc.contributor.author Lustosa Junior, Ilvan Medeiros
dc.contributor.author Cordeiro, Sidney Araujo
dc.contributor.author Machado, Jailson Silva
dc.contributor.author Oliveira, Robson José de
dc.contributor.author Guimarães Neto, Rosalvo Maciel
dc.date.accessioned 2015-10-29T17:22:12Z
dc.date.available 2015-10-29T17:22:12Z
dc.date.issued 2014-04
dc.identifier.citation LUSTOSA JUNIOR, I. M. et al. Perfil socioeconômico de trabalhadores do segmento de carvão vegetal e percepção da população local em Curimatá-PI. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 21, n. 2, p. 206-213, abr./ jun. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 2179-8087
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16029
dc.description.abstract O Estado do Piauí vem se destacando na produção de carvão vegetal e a maioria das carvoarias se concentra na região sul do Estado. Estas carvoarias justificam suas atividades com a ideia de promover o incremento econômico na região. Neste sentido, este trabalho tem por objetivo diagnosticar e quantificar os impactos socioeconômicos gerados pela indústria carvoeira para a população do município de Curimatá. Para isto, foi realizada uma coleta de dados em campo, dividida em duas fases: entrevistas em profundidade e aplicação de formulários, com empreendedores, funcionários das carvoarias e população do município. Os dados coletados durante os dois meses de pesquisa em campo foram tabulados em planilha Excel®, tendo sido gerados os respectivos valores percentuais de forma a facilitar a análise. Os resultados demonstram divergência entre as respostas de funcionários e da população, na medida em que a atividade carvoeira atuante no município de Curimatá parece não satisfazer a população, priorizando apenas poucas pessoas envolvidas diretamente nesta atividade. pt_BR
dc.description.abstract The state of Piauí has been excelling in the production of charcoal, and most producers are concentrated in the southern region of the state. These producers justify their activities with the idea of promoting economic growth in the region. In this sense, this work aims to diagnose and quantify the economic impacts generated by the coal industry to the population of the municipality of Curimatá. To this end, field data collection was carried out in two phases through in-depth interviews and application of forms to entrepreneurs and employees of the charcoal segment and the municipality’s population. The data collected during the two months of field research were tabulated in Excel® spreadsheet and their respective percentages were generated in order to facilitate analysis. The results show differences between the responses of employees and population. The charcoal activity in the municipality of Curimatá does not seem to satisfy the population, prioritizing only a few citizens directly involved in this activity. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta e Ambiente:v.21,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia da madeira e de produtos florestais pt_BR
dc.title Perfil socioeconômico de trabalhadores do segmento de carvão vegetal e percepção da população local em Curimatá-PI pt_BR
dc.title Socioeconomic profile of workers from the charcoal segment and the perception of the local population in Curimatá, Piaui State pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Florest ... e_v21_n2_p206-213_2014.pdf 1.760Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account