Biblioteca Florestal
Digital

Identificação dos níveis de degradação de matas ripárias com o uso de SIG

Show simple item record

dc.contributor.author Dias, Roseli Mendonça
dc.contributor.author Salvador, Nemésio Neves Batista
dc.contributor.author Branco, Magno Botelho Castelo
dc.date.accessioned 2015-10-29T13:04:24Z
dc.date.available 2015-10-29T13:04:24Z
dc.date.issued 2014-04
dc.identifier.citation DIAS, R. M.; SALVADOR, N. N. B.; BRANCO, M. B. C. Identificação dos níveis de degradação de matas ripárias com o uso de SIG. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 21, n. 2, p. 150-161, abr./jun. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 2179-8087
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16017
dc.description.abstract O presente trabalho objetivou identificar níveis de degradação de matas ripárias com o emprego de Sistema de Informações Geográficas (SIG), para a determinação das categorias de degradação encontradas na Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Tietê- Jacaré, no município de São Carlos-SP. O método consistiu na interpretação visual de imagens de satélite Landsat 5 da área de estudo, em amostragens de campo e no desenvolvimento de procedimentos para a classificação dos níveis de degradação de suas matas ripárias. Foi gerado um mapa das categorias de degradação das matas ripárias, o que permitiu avaliar os locais degradados, com floresta e em estágios de regeneração. A interpretação de imagens de satélite para a identificação dos níveis de degradação das matas ripárias apresenta-se como um instrumento útil para subsidiar informações sobre as matas ripárias das drenagens e nascentes de uma bacia hidrográfica. Outra possibilidade corresponde ao monitoramento do desenvolvimento da degradação ou da recuperação destas matas. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this study is to identify degradation levels of the riparian forests using Geographic Information System (GIS) to determine the categories of degradation found in the Unit for Water Resources Management of the Tietê-Jacaré in the city of São Carlos – SP, Brazil. The method consisted in the use of visual interpretation of satellite images Landsat 5 of the study area, field samplings and the development of procedures to classify the degradation levels of the riparian forests. A map of the degradation categories of the riparian forests was generated, which provided evaluating degraded sites, with forest and regeneration stages. The interpretation of satellite images to identify the degradation levels of the riparian forests is presented as a good instrument to subsidize information on the riparian forests of the drainages and headwaters of a watershed. Another possibility corresponds to monitoring the development of degradation or recovery of those forests. pt_BR
dc.format 12 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta e Ambiente:v.21,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Avaliação de impactos ambientais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Geoprocessamento e sensoriamento remoto pt_BR
dc.title Identificação dos níveis de degradação de matas ripárias com o uso de SIG pt_BR
dc.title Identification of level of degradation of riparian forest with the use of GIS pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Florest ... e_v21_n2_p150-161_2014.pdf 13.94Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account