Biblioteca Florestal
Digital

Dinâmica da distribuição diamétrica na arborização de ruas da cidade de Curitiba, Paraná, Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Bobrowski, Rogério
dc.contributor.author Biondi, Daniela
dc.contributor.author Figueiredo Filho, Afonso
dc.date.accessioned 2015-10-28T18:35:38Z
dc.date.available 2015-10-28T18:35:38Z
dc.date.issued 2012-06
dc.identifier.citation BOBROWSKI, R; BIONDI, D; FIGUEIREDO FILHO, A. Dinâmica da distribuição diamétrica na arborização de ruas da cidade de Curitiba, Paraná, Brasil. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 40, n. 94, p. 167-178, jun. 2012. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16000
dc.description.abstract A distribuição diamétrica é uma das avaliações dendrométricas que pode caracterizar o comportamento ou a dinâmica da arborização de ruas, pois fornece informações sobre a evolução e o crescimento das árvores, além do espaço que elas ocupam nas calçadas. Nesta pesquisa a dinâmica da distribuição diamétrica da arborização de ruas da cidade de Curitiba foi analisada, no período 1984-2010, por meio da remedição e comparação dos dados em quinze unidades amostrais do inventário realizado em 1984. Utilizou-se os mesmos procedimentos de coleta de dados e os croquis de localização das parcelas elaborados em 1984, agrupando-se os dados em classes de diâmetro com 10 cm de amplitude. Foi empregado o teste de Kolmogorov- Smirnov para comparação das distribuições. Os resultados obtidos demonstraram que para a totalidade dos dados de 1984 a distribuição em classes de DAP apresentou tendência a uma curva em forma de “J invertido”, típico de povoamentos heterogêneos e multiespecíficos. Quando analisados os dados de 2010 para todas as espécies e para as oito principais, em separado, observou-se tendência de distribuição unimodal, com maior simetria na distribuição dos dados em relação a 1984, típica de povoamentos equiâneos e adultos. Por outro lado, a distribuição do DAP por parcelas não mostrou claramente as tendências descritas. Não houve aderência entre os pares de distribuições de 1984 e 2010, sendo estatisticamente diferentes (p<0,01). A dinâmica da distribuição demonstrou que houve remoção de árvores das classes inferiores com recrutamento nas classes superiores, de forma mais proeminente para a classe 30 – 40 cm. Em função das características descritas concluiu-se que a arborização de ruas de Curitiba apresenta sinais de sustentabilidade, com árvores de diferentes épocas de plantio, e fases de amadurecimento, com indivíduos adultos e bem desenvolvidos. pt_BR
dc.description.abstract Diameter distribution is one of dendrometric evaluations that can characterize the behavior or dynamics of street trees, providing information on the evolution and growth of trees, in addition to the space they occupy on sidewalks. In this research the dynamics of diameter distribution of Curitiba street trees was analyzed in the period 1984-2010 by measuring again and comparing data of fifteen sample units from an inventory made in 1984. The same data collection procedures and sketch maps of parcel location made in 1984 were used, grouping data in diameter classes of 10 cm breadth. The Kolmogorov–Smirnov test was employed to compare distributions. The results obtained showed that for the entire data of 1984 the DAP class distribution presented a tendency to a “J inverted-shaped” curve, typical of heterogeneous and multispecific settlements. When the data of 2010 – on both all and the eight main species – were analyzed separately, a tendency to a unimodal distribution was observed, with greater symmetry in distribution of data compared to 1984, typical of same-age and adult settlements. On the other hand, the DAP distribution by plots do not clearly show the tendency described. There was no adhesion between pairs of distributions of 1984 and 2010, which renders them statistically different (p<0.01). The distribution dynamics showed that lower class trees had been removed with recruitment in the upper classes, more prominent for class 30–40 cm. According to the characteristics described above, it is concluded that Curitiba street trees show signs of sustainability, with trees from different planting seasons, and maturing stage, with adults and well developed trees. pt_BR
dc.format 12 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:v.40,n.94;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Planejamento paisagístico pt_BR
dc.title Dinâmica da distribuição diamétrica na arborização de ruas da cidade de Curitiba, Paraná, Brasil pt_BR
dc.title Dynamics of diameter distribution on street trees of Curitiba City, Paraná, Brazil pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_v40_n94_p167-178_2012.pdf 1.291Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account