Biblioteca Florestal
Digital

Simulação espacial de uma paisagem sob o efeito borda

Show simple item record

dc.contributor.author Gomide, Lucas Rezende
dc.contributor.author Lingnau, Christel
dc.date.accessioned 2015-10-21T18:50:30Z
dc.date.available 2015-10-21T18:50:30Z
dc.date.issued 2009-04
dc.identifier.citation GOMIDE, L. R.; LINGNAU, C. Simulação espacial de uma paisagem sob o efeito borda. Floresta, Curitiba, v. 39, n. 2, p. 441-455, abr./jun. 2009. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15750
dc.description.abstract Este trabalho teve como objetivo compreender e analisar através das métricas de paisagem, a atual situação dos fragmentos florestais na Fazenda Experimental do Canguiri e sua sustentabilidade temporal na matriz paisagística, frente à simulação de diferentes intensidades do efeito borda. A área de estudo foi a Fazenda Experimental do Canguiri/UFPR, localizada no município de Pinhais (PR), que compreende uma área de 440 ha. Foram simuladas 3 intensidades do efeito borda, a 10, 30 e 50 metros, e para cada situação foram calculados 11 índices de paisagem. A definição das classes de fragilidade foi proporcionada pela análise de agrupamento, utilizando-se a distância euclidiana e o método de ward, a partir do índice FRAG. Assim, o efeito borda simulado provocou mudanças na paisagem, na qual o número de fragmentos passou de 14 no estágio atual, para 19 (10 m), 18 (30 m) e 9 (50 m). Os fragmentos foram classificados em três classes de fragilidade à fragmentação, pela análise de agrupamento. A simulação do efeito borda, juntamente com o cálculo dos índices de paisagem, auxiliou na determinação de fragmentos mais suscetíveis a fragmentação. pt_BR
dc.description.abstract This work had as objective to understand and to analyze the actual stage of the forest fragment from Canguiri Experimental Farm and its temporal sustainability in the landscape matrix through the landscape metrics, and under the different intensities of the edge effect simulation. The area of study was the Canguiri Experimental Farm located in Pinhais (PR), with an area of 440 ha. Three edge effect intensities were simulated the 10, 30 and 50 meters and for each scenery 11 landscape indexes were calculated. The fragility classes were determined by the cluster analysis using the ward method and Euclidean distance based on the FRAG index. The results showed that edge effect simulation promoted changing in the landscape, where the number of fragments was 14 in actual stage and it changed to 19 (10 m); 18 (30 m) and 9 (50 m). The fragments were classified in 3 classes of the fragmentation fragility by the cluster analysis. The edge effect simulation combined with the calculated landscape indexes guided to determine which fragments were more fragile to the fragmentation process. pt_BR
dc.format 15 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.39,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Geoprocessamento e sensoriamento remoto pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Simulação espacial de uma paisagem sob o efeito borda pt_BR
dc.title Spatial simulation analysis of the landscape under edge effect pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v39_n2_p441-455_2009.pdf 464.3Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account