Biblioteca Florestal
Digital

Fluxo de nutrientes pela precipitação pluviométrica em dois trechos de Floresta Ombrófila Densa em Guaraqueçaba, Paraná

Show simple item record

dc.contributor.author Scheer, Maurício Bergamini
dc.date.accessioned 2015-10-20T13:48:39Z
dc.date.available 2015-10-20T13:48:39Z
dc.date.issued 2009-01
dc.identifier.citation SCHEER, M. B. Fluxo de nutrientes pela precipitação pluviométrica em dois trechos de Floresta Ombrófila Densa em Guaraqueçaba, Paraná. Floresta, Curitiba, v. 39, n. 1, p. 117-130, jan./mar. 2009. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15708
dc.description.abstract Este trabalho teve o objetivo de avaliar os fluxos de K, Ca, Mg e Na através da precipitação no exterior e no interior de dois trechos de Floresta Ombrófila Densa (capoeira: estágio inicial/intermediário de sucessão secundária de floresta aluvial e floresta secundária submontana), na Reserva Natural Salto Morato, em Guaraqueçaba, Paraná. A capoeira e a floresta secundária apresentaram valores de interceptação da água da chuva em torno de 14%, sendo baixos comparados com outros da literatura. As estimativas para a deposição do Na pela precipitação foram elevadas se comparadas às de outros trabalhos, alcançando uma média anual de 83 kg/ha na precipitação externa e de 96 kg/ha na precipitação no interior da capoeira. Entre os macronutrientes analisados, para o mesmo processo, foram estimadas deposições anuais de 52 kg/ha de K, 5 kg/ha de Ca e 2,9 kg/ha de Mg, ocorrendo os maiores aportes durante o período mais quente e chuvoso. Os valores para a floresta secundária foram um pouco menores, principalmente para o K. Somando com dados da contribuição da serapilheira no mesmo período, disponíveis para a capoeira, a precipitação interna representou respectivamente, 65%, 5% e 15% da deposição total desses nutrientes no solo, indicando a importância desse processo para a restauração e/ou manutenção dos elementos minerais dentro dos ecossistemas estudados. pt_BR
dc.description.abstract The returns of K, Ca, Mg and Na through rainfall and throughfall (in an early to midde successional alluvial forest and in a secondary lowland forest) were estimated in an Atlantic Rain Forest in Southern Brazil. The two forests showed interception rainfall values around 14%, considered low comparing to other studies. The Na values were very high, reaching in average 83 kg ha-1 y-1 in rainfall and 96 kg ha-1 y-1 in throughfall in the early to midde secondary forest. The annual nutrient returns in througfall were: of 52 kg ha-1 of K, 5 kg ha-1 of Ca and 2.9 kg ha-1 of Mg, with major contributions during the rainy season. The secondary forest presented lower values, mainly for K. Additioning to available litterfall data in early to midde secondary forest, througfall contributed to 65% of K, 5% of Ca and 15% of Mg returned to the soil pointing out the relevance of this process to the restoration and/or maintenance of these elements into the studied ecosystems. pt_BR
dc.format 14 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.39,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Fluxo de nutrientes pela precipitação pluviométrica em dois trechos de Floresta Ombrófila Densa em Guaraqueçaba, Paraná pt_BR
dc.title Nutrient flow in rainfall and throughfall in two stretches in an Atlantic Rain Forest in southern Brazi pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v39_n1_p117-130_2009.pdf 175.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account