Biblioteca Florestal
Digital

Determinação do ponto de amostragem para a quantificação de micronutrientes em acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild.)

Show simple item record

dc.contributor.author Saidelles, Fábio Luiz Fleig
dc.contributor.author Caldeira, Marcos Vinícius Winckler
dc.contributor.author Schumacher, Mauro Valdir
dc.contributor.author Balbinot, Rafaelo
dc.date.accessioned 2015-10-20T13:38:11Z
dc.date.available 2015-10-20T13:38:11Z
dc.date.issued 2009-01
dc.identifier.citation SAIDELLES, F. L. F. et al. Determinação do ponto de amostragem para a quantificação de micronutrientes em acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild.). Floresta, Curitiba, v. 39, n. 1, p. 77-87, jan./mar. 2009. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15706
dc.description.abstract O objetivo deste estudo foi determinar o ponto ótimo de amostragem para a quantificação de nutrientes em árvores de Acacia mearnsii. O trabalho foi realizado em uma plantação com quatro anos de idade localizada na cidade de Arroio dos Ratos (RS), em uma fazenda pertencente à empresa Agroseta S.A., nas coordenadas 30°07’12” de latitude sul e 51°57’45” de longitude oeste, com altitude média de 90 m. Após o inventário florestal, foram abatidas 21 árvores, distribuídas em 7 classes diamétricas, sendo determinados a biomassa e o teor de micronutrientes dos componentes folha, galho vivo, galho morto, raiz, madeira e casca. Para os componentes madeira e casca foram retiradas amostras ao longo do fuste nas posições de 1, 3, 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80 e 90% da altura total das árvores. Os teores dos micronutrientes B, Cu, Fe, Mn e Zn não demonstraram variação significativa ao longo do fuste nos componentes madeira e casca, indicando que a amostragem para quantificação de nutrientes pode ser feita a qualquer altura. É possível a estimativa do estoque de micronutrientes por amostras coletadas no DAP aos 4 anos de idade. Recomenda-se para isso a utilização de trado, para não ser necessário derrubar as árvores amostradas. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this study was to quantify the biomass and to determine the optimal sampling point for nutrients quantification in Acacia mearnsii trees. The work was conducted in black wattle stand, whit four years old, located in Arroio dos Ratos city in a farm belonging to Agroseta S.A., having as coordinates 30°07’12” of south latitude and 51°57’45” of longitude west, with 90 m of average altitude. After the forest inventory 21 trees were felled, distributed in 7 diametric classes, to cover the stand heterogeneity. The biomass and the micronutrients amount in the leaves, live branches, dead branches, roots, wood and bark were determined. Samples of wood and bark were taken along the stem in the positions of: 1, 3, 10, 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80 and 90% of the total height. The micronutrients levels for B, Cu, Fe, Mn and Zn didn’t show significant difference along the stem to wood and bark, indicating that there isn’t an exact point for sampling along the stem to nutrients quantification. It’s possible to estimate the stock of micronutrients by samples collected at DBH to 4 years of age. For this it’s recommended to use the borer, for not to fell the sampled trees. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.39,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Determinação do ponto de amostragem para a quantificação de micronutrientes em acácia-negra (Acacia mearnsii De Wild.) pt_BR
dc.title Determination sampling point for micronutrients quantification in Acacia mearnsii De Wild pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v39_n1_p77-87_2009.pdf 101.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account