Biblioteca Florestal
Digital

Ajuste, seleção e teste de identidade de modelo para volume e número de moirões da candeia (Eremanthus erythropappus)

Show simple item record

dc.contributor.author Camolesi, José Fabio
dc.contributor.author Scolforo, José Roberto Soares
dc.contributor.author Oliveira, Antonio Donizette de
dc.contributor.author Acerbi Júnior, Fausto Weimar
dc.contributor.author Rufini, Ana Luiza
dc.contributor.author Mello, José Márcio de
dc.date.accessioned 2015-10-19T12:17:08Z
dc.date.available 2015-10-19T12:17:08Z
dc.date.issued 2010-10
dc.identifier.citation CAMOLESI, J. F. et al. Ajuste, seleção e teste de identidade de modelo para volume e número de moirões da candeia (Eremanthus erythropappus). Cerne, Lavras, v. 16, n. 4, p. 431-441, out./dez. 2010. pt_BR
dc.identifier.issn 0104-7760
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15630
dc.description.abstract Conduziu-se este estudo, com os objetivos de ajustar e selecionar modelos estatísticos para a estimativa do volume total, com e sem casca, e o número de moirões, em três municípios de Minas Gerais; definir o fator de empilhamento por classe de diâmetro para a espécie e avaliar a possibilidade de agrupamento dos modelos estatísticos com base no teste de identidade de modelos. A base de dados foi composta de 174 árvores distribuídas em seis classes de diâmetro, nas três regiões de estudo, as quais foram cubadas usando um xilômetro. A acurácia dos modelos foi avaliada por meio do coeficiente de determinação, desvio padrão da média e análise gráfica dos resíduos. Concluiu-se que o fator de empilhamento decresce com o aumento das classes diamétricas. O modelo selecionado para todas as variáveis testadas foi o de Spurr logaritmizado. O teste de identidade entre modelos indicou a possibilidade de agrupamento entre os municípios de Aiuruoca e Ouro Preto para as variáveis volume total com casca e volume total sem casca, enquanto que para a variável número de moirões esse teste indicou não ser possível o agrupamento de nenhuma combinação entre os municípios estudados. pt_BR
dc.description.abstract The objectives of this study were: to fit and select statistical models for estimating the total volume, with and without bark, and number of fence posts in three counties of Minas Gerais State, as well as, to define the stack factor per diameter class and to evaluate, by means of the identity model test, the possibility of using the same mathematical model for all regions. Data base were obtained from a scaling of 174 trees grouped in six diameter classes within the three study regions. The scaling was carried out using the xylometer method (water displacement technique). The accuracy of the models was evaluated using the coefficient of determination, the mean standard error of estimate, and the graphical analysis of residuals. The Spurr logarithm model was selected as the best one for all tested variables. Considering the variables total volume, with and without bark, the identity test showed the possibility of using the same model for Aiuruoca and Ouro Preto counties whereas for the variable number of fence posts, the identity test showed that there is no possibility of grouping for any combination among the counties. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.16,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Ajuste, seleção e teste de identidade de modelo para volume e número de moirões da candeia (Eremanthus erythropappus) pt_BR
dc.title Fitting, selection and model identity test for volume and number of fence posts of candeia (Eremanthus erythropappus) pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v16_n4_p431-441_2010.pdf 888.8Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account