Biblioteca Florestal
Digital

Variabilidade radial e longitudinal das propriedades físicas e anatômicas da madeira de angico-vermelho

Show simple item record

dc.contributor.author Valente, Brígida Maria dos Reis Teixeira
dc.contributor.author Evangelista, Wescley Viana
dc.contributor.author Silva, José de Castro
dc.contributor.author Lucia, Ricardo Marius Della
dc.date.accessioned 2015-10-16T19:02:32Z
dc.date.available 2015-10-16T19:02:32Z
dc.date.issued 2013-12
dc.identifier.citation VALENTE, B. M. R. T. et al. Variabilidade radial e longitudinal das propriedades físicas e anatômicas da madeira de angico-vermelho. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 41, n. 100, p. 485-496, dez. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15605
dc.description.abstract Esse trabalho teve como objetivo avaliar a variação radial e longitudinal das propriedades físicas e anatômicas da madeira de angico-vermelho (Anadenanthera peregrina (L.) Speg.). Foram utilizadas sete árvores provenientes de uma área de floresta nativa primária, com idade desconhecida, localizada na Universidade Federal de Viçosa, campus de Viçosa, Minas Gerais. As variáveis analisadas foram a massa específica (básica e aparente a 12% de umidade) e as contrações volumétrica e lineares, com base na NBR 7190:1997 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), e as dimensões das fibras, com base na COPANT (1974). Foram também analisadas as aplicações da madeira para produção de papel por meio de índices de qualidade específicos. As árvores foram derrubadas e seccionadas em toras de comprimento de três metros, das quais foram utilizadas as três primeiras toras. As amostras foram retiradas da prancha diametral de cada tora, tomadas de quatro posições radiais eqüidistantes (0, 33, 66 e 100%) no sentido medula-casca. Os resultados mostraram uma tendência de aumento no sentido medula- casca da massa específica básica e aparente, contrações volumétrica, tangencial e radial, comprimento e espessura da parede de fibras, índice de enfeltramento, fração parede e índice de Runkel. Tendência de diminuição nesse mesmo sentido foi observada para a largura e diâmetro do lume das fibras e para o coeficiente de flexibilidade. A contração longitudinal e fator anisotrópico apresentaram outros padrões de variação. No sentido longitudinal não se observou grande variação das propriedades da madeira entre as três toras avaliadas. A maioria das propriedades da madeira avaliada apresentou correlações significativas entre si, com destaque para a massa específica básica e aparente, que tiveram correlações com todas as propriedades estudadas. Os valores dos índices de qualidade avaliados para produção de papel foram similares aos observados para a madeira de Eucalyptus spp. pt_BR
dc.description.abstract This study had the objective of evaluating the properties in the radial direction and also along the trunk of the wood of angico-vermelho (Anadenanthera peregrina (L.) Speg). Seven trees were obtained from a primary forest located within the campus of the Federal University of Viçosa, Minas Gerais State. Tree ages were unknown. The variables under study were specific gravity (basic and apparent at 12% moisture) and linear and volumetric shrinkages according to NBR 7190: 1997 standard of the Brazilian Associations of Standards; fiber dimensions were obtained as per COPANT (1974). The wood was analyzed for paper production using specific quality indexes. The trees were felled and cut into logs, of which the first three were used for sample preparation. The logs were taken to the mill and sawed; the center board was then selected for further processing. Samples were finally cut from these boards, at 0%, 33%, 66% and 100% of the pith-to-bark distance. Specific gravity, volumetric, tangential and radial shrinkage and fiber length, wall thickness, cell wall fraction, felting and Runkel indexes all showed a tendency to increase from the pith toward the bark, while fiber width, lumen diameter and flexibility coefficient decreased. The longitudinal shrinkage and the ratio tangential-to-radial coefficients showed other patterns of change. However, the foaverage values did not show great change with tree height. Most of the properties were correlated to one another, especially specific gravity and density; these two showed a significant correlation to all the others. The indexes for paper production of angico-vermelho wood were similar to those found for Eucalyptus spp. pt_BR
dc.format 12 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:v.41,n.100;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Anatomia e identificação de produtos florestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Propriedades físico-mecânicas da madeira pt_BR
dc.title Variabilidade radial e longitudinal das propriedades físicas e anatômicas da madeira de angico-vermelho pt_BR
dc.title Variation in the pith-to-bark and in the height directions of the physical and anatomical properties of the wood of angico-vermelho pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_v41_n100_p485-496_2013.pdf 1.583Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account