Biblioteca Florestal
Digital

Simulação de desbaste em povoamento de Hovenia dulcis mediante dendrograma de manejo de densidade

Show simple item record

dc.contributor.author Selle, Gerson Luiz
dc.contributor.author Vuaden, Elisabete
dc.contributor.author Albernard, Luiz Antônio Jacques de
dc.contributor.author Braz, Evaldo Muñoz
dc.date.accessioned 2015-10-15T12:11:27Z
dc.date.available 2015-10-15T12:11:27Z
dc.date.issued 2010-07
dc.identifier.citation SELLE, G. L. et al. Simulação de desbaste em povoamento de Hovenia dulcis mediante dendrograma de manejo de densidade. Floresta, Curitiba, v. 40, n. 3, p. 647-662, jul./set. 2010. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15534
dc.description.abstract Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estudar a densidade e simular intervenções, por meio de dendrogramas de manejo de densidade, em uma população de Hovenia dulcis localizada na região central do estado do Rio Grande do Sul. Para tanto, foram utilizados dados de diâmetro de copa e de fuste, coletados em três estratos: dominante, intermediário e dominado, pelo método da Densidade Pontual de Spurr, num povoamento de aproximadamente 1,3 hectares de uva do Japão com 25 anos de idade. Devido o local de coleta das informações apresentar grande variação na altura dominante, este foi dividido em Sítios I e II. Entre os estratos verificou-se que somente ocorreu diferença estatística significativa entre o estrato dominante do Sítio I e os demais de ambos os sítios. O coeficiente angular do ajuste das linhas de densidade ficaram estabelecidos, para o estrato dominante do Sítio I em -2,492 e, para os demais, em -1,085. A melhor forma de conduzir o povoamento seria aplicando um desbaste, se o mesmo fosse formado somente por árvores com dimensões semelhantes às do estrato dominante do Sítio I, e quatro intervenções se fosse constituído somente de indivíduos pertencentes aos demais estratos. pt_BR
dc.description.abstract The main objective of this study was to simulate density and interventions through density management dendrogram in a population of Hovenia dulcis located in the central region of the State of Rio Grande do Sul, Brazil. It was utilized Data from crown and stem diameters, collected in three types of tree stratum dominant, intermediate, and dominant, through the Punctual Density Method developed by Spurr, in a stand of approximately 1.3 hectares of Hovenia dulcis 25 years old were used. Due to the high variability in the trees dominant height the area was divided into two sites, I and II. The results showed that statistic significant difference was detected only between the dominant stratum of site I, and the other strata on both sites. The angular coefficients of the regression adjustment of the density lines were -2.492 for the site I dominant stratum and -1.085 for the others. It was also observed that the best way to manage the stand would be one thinning, if it was formed only by trees with similar dimensions of the dominant stratum of Site I, and four thinnings if the site was composed by individuals belonging to the other strata. pt_BR
dc.format 16 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.40,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Manejo de florestas equiâneas pt_BR
dc.title Simulação de desbaste em povoamento de Hovenia dulcis mediante dendrograma de manejo de densidade pt_BR
dc.title Thinning simulation in Hovenia dulcis population trough density management dendrogram pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v40_n3_p647-662_2010.pdf 2.992Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account