Biblioteca Florestal
Digital

Crescimento, mortalidade, ingresso e distribuição diamétrica em Floresta Ombrófila Mista

Show simple item record

dc.contributor.author Figueiredo Filho, Afonso
dc.contributor.author Dias, Andrea Nogueira
dc.contributor.author Stepka, Thiago Floriani
dc.contributor.author Sawczuk, Alex Roberto
dc.date.accessioned 2015-10-14T18:36:02Z
dc.date.available 2015-10-14T18:36:02Z
dc.date.issued 2010-10
dc.identifier.citation FIGUEIREDO FILHO, A. et al. Crescimento, mortalidade, ingresso e distribuição diamétrica em Floresta Ombrófila Mista. Floresta, Curitiba, v. 40, n. 4, p. 763-776, out./dez. 2010. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15516
dc.description.abstract A dinâmica de uma Floresta Ombrófila Mista existente na Floresta Nacional de Irati foi avaliada e comparada com resultados de outras pesquisas similares no Sul do Brasil. Os dados advêm de parcelas permanentes (25 ha de área) medidas em 2002, 2005 e 2008. Todas as árvores com diâmetros à altura do peito maiores que 10 cm foram consideradas. Os incrementos em diâmetro e área basal por hectare foram determinados, bem como as taxas de mortalidade e ingresso. Os resultados são apresentados para a floresta como um todo e para as 10 espécies de maior ocorrência. Informações do número de espécies, gêneros, famílias e a evolução da distribuição diamétrica são relatadas. A floresta apresentou 567 árvores/ha, distribuídas em 117 espécies, 80 gêneros e 46 famílias. O incremento médio em diâmetro e em área basal foi de 0,24 cm e 0,23 m 2 /ha/ano. A taxa média anual de mortalidade e de ingresso foi de 1,77 e 1,38%. A área basal foi de 28,7, 29,9 e 30,1 m 2 /ha em 2002, 2005 e 2008. A floresta e algumas espécies têm uma distribuição diamétrica decrescente, com poucas alterações em sua dinâmica. O trabalho faz ainda uma retrospectiva dos estudos da dinâmica da Floresta Ombrófila Mista no Sul do Brasil. pt_BR
dc.description.abstract The dynamic of a Mixed Ombrophyllous Forest fragment located in the Irati National Forest was evaluated and compared to the results obtained by other similar researches from Southern Brazil. The data came from permanent plots (25 ha) measured in the years 2002, 2005 and 2008. All the trees with DBH larger than 10 cm were considered. The mean diameter increments and the basal area per hectare were determined, as well as the mortality and ingrowth rates. The results were presented for all the species and for the 10 of higher occurrence. The number of species, genus, families, and the diametric distributions were also determined. A total of 567 trees/ha, from 117 species, 80 genus, and 46 families were observed. The annual mean diameter increment and the basal area were 0.24 cm and 0.23 m2/ha, respectively. The annual mean mortality was 1.77% and the ingrowth rate 1.38%. The basal area was 28.7, 29.9 and 30.1 m2/ha in the studied period. The forest and some species presented a decreasing diameter distribution with few dynamic changes. This research also presented a retrospective of other Ombrophyllous Mixed Forest dynamic studies in southern Brazil. pt_BR
dc.format 14 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.40,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Crescimento, mortalidade, ingresso e distribuição diamétrica em Floresta Ombrófila Mista pt_BR
dc.title Growth, mortality, ingrowth, and diameter distribution in a Mixed Ombrophyllous Forest pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v40_n4_p763-776_2010.pdf 270.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account