Biblioteca Florestal
Digital

Variação espaço-temporal da dinâmica da comunidade arbórea em fragmentos de floresta aluvial em Minas Gerais

Show simple item record

dc.contributor.author Silva, Ana Carolina da
dc.contributor.author Higuchi, Pedro
dc.contributor.author Berg, Eduardo van den
dc.contributor.author Nunes, Matheus Henrique
dc.contributor.author Santos, Marcela de Castro Nunes
dc.date.accessioned 2015-10-07T19:26:21Z
dc.date.available 2015-10-07T19:26:21Z
dc.date.issued 2011-10
dc.identifier.citation SILVA, A. C. et al. Variação espaço-temporal da dinâmica da comunidade arbórea em fragmentos de floresta aluvial em Minas Gerais. Cerne, Lavras, v. 17, n. 4, p. 465-471, out./dez. 2011. pt_BR
dc.identifier.issn 0104-7760
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15389
dc.description.abstract Neste estudo, objetivou-se conhecer os padrões de dinâmica da comunidade de árvores em fragmentos florestais aluviais nos períodos de 2005-2007 e 2007-2009. Para isso, foi estudado um fragmento de floresta ciliar e cinco fragmentos de floresta aluvial, no interior da planície de inundação do rio Sapucaí, em São Sebastião da Bela Vista, MG, inventariados, inicialmente, em 2005 e avaliados novamente em 2007 e em 2009. Os resultados demonstraram padrões diferenciados entre os fragmentos e os períodos de tempo. Nos fragmentos onde foi observada, em estudos anteriores, maior influência de enchentes e encharcamento do solo, a mortalidade de árvores foi maior no período de 2007-2009 do que no de 2005-2007. As taxas de mortalidade foram, de forma geral, maiores que as taxas de recrutamento, ocasionando a perda de indivíduos e a perda em área basal. Observando-se o histórico da área, é possível supor que essas perdas estão ocorrendo pela interação de dois fatores: i) excesso hídrico após uma grande enchente e ii) a ocorrência de forte antropização, representado pelo corte seletivo e a entrada de bovinos no interior dos fragmentos. pt_BR
dc.description.abstract This study explored the dynamics pattern of the tree community in fragments of alluvial forest in the period 2005-2007 and in the period 2007-2009. The study comprises a fragment of riparian forest and five fragments of alluvial forest toward the interior of the floodplain of Sapucaí river, in São Sebastião da Bela Vista, MG, initially inventoried in 2005 and then evaluated in 2007 and again in 2009. Results revealed different patterns among fragments and among time intervals. In the fragments where in previous studies a stronger influence of floods and sodden soil had been observed, tree mortality was found to be greater in the 2007-2009 period than in the 2005-2007 period. Overall, mortality rates were found to be higher than recruitment rates, leading to loss of individuals and loss of basal area. Judging by the history of the area, it can be assumed that these losses are due to an interaction of two factors: i) water excess after major flooding and ii) occurrence of strong anthropization, represented by selective logging and cattle introduction in the interior of the fragments. pt_BR
dc.format 7 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.17,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Variação espaço-temporal da dinâmica da comunidade arbórea em fragmentos de floresta aluvial em Minas Gerais pt_BR
dc.title Spatial-temporal variation in the dynamics of the tree community in fragments of alluvial forest in Minas Gerais pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v17_n4_p465-471_2011.pdf 847.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account