Biblioteca Florestal
Digital

Aspectos anatômicos e fisiológicos de folhas de Mimosa scabrella de áreas com diferentes graus de sucessão

Show simple item record

dc.contributor.author Chiamolera, Larissa De Bortolli
dc.contributor.author Ângelo, Alessandro Camargo
dc.contributor.author Boeger, Maria Regina
dc.contributor.author Araújo, Fernando Correia
dc.date.accessioned 2015-10-01T18:23:34Z
dc.date.available 2015-10-01T18:23:34Z
dc.date.issued 2011-07
dc.identifier.citation CHIAMOLERA, L. B. et al. Aspectos anatômicos e fisiológicos de folhas de Mimosa scabrella de áreas com diferentes graus de sucessão. Floresta, Curitiba, v. 41, n. 3, p. 435-450, jul./.set. 2011. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15336
dc.description.abstract O objetivo deste trabalho foi verificar a influência de diferentes condições de luminosidade presentes em folhas de Mimosa scabrella Benthan plantadas em áreas com diferentes graus de sucessão nas margens do Reservatório Iraí, PR. Foram avaliados aspectos morfológicos (área foliar, peso seco, área foliar específica), anatômicos (espessuras de cutícula, epiderme adaxial, parênquima paliçádico, parênquima lacunoso, epiderme adaxial e espessura total), fisiológicos (taxa de fotossíntese, condutância estomática e transpiração) e desenvolvimento das plantas (altura, diâmetro e sobrevivência até os 18 meses). Para os parâmetros morfológicos, M. scabrella apresentou diferença significativa para a área foliar específica, que foi maior para os indivíduos da capoeira. Diferenças significativas foram encontradas para a espessura da epiderme adaxial e do parênquima paliçádico. A epiderme adaxial foi maior na área de capoeira, enquanto que o parênquima paliçádico maior na área aberta. Indivíduos da área aberta apresentaram maior taxa de transpiração e condutância estomática. Tanto a altura quanto o diâmetro não mostraram diferença significativa entre as áreas. A sobrevivência foi considerada insatisfatória para ambas as áreas, porém foi ligeiramente maior na capoeira. Esses resultados, aliados ao comportamento natural da espécie, sugerem que M. scabrella deve ser implantada em densidades maiores. pt_BR
dc.description.abstract This study aims to evaluate the influence of light conditions at different stages of succession in leaves of Mimosa scabrella Benthan planted in Iraí’s water reservoir margins, State of Paraná, Brazil. We evaluated leaf morphology (area, dry weight, specific area), anatomy (cuticle thickness, adaxial epidermis, palisade parenchyma, parenchyma spongy, adaxial epidermis and total thickness), physiology (photosynthesis rate, stomatal conductance, transpiration) and plant growth (height, diameter) and survival up to age of 18 months. Plants of Mimosa scabrella of natural regeneration showed greater leaf specific area than those of planted individuals. Significant differences were found on thickness of the adaxial epidermis and palisade parenchyma. The adaxial epidermis was higher in regenerating area, whereas the palisade parenchyma was higher in open field. Plants of open field presented higher values of transpiration and stomatal conductance. Concerning height and diameter growth, plants of both areas showed no significant differences. Survival was considered unsatisfactory for both areas, but was slightly higher in regenerating area. According to M. scabrella behavior in natural conditions, the results suggest that this species must be implanted in greater densities. pt_BR
dc.format 16 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.41,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.title Aspectos anatômicos e fisiológicos de folhas de Mimosa scabrella de áreas com diferentes graus de sucessão pt_BR
dc.title Anatomical and physiological features of Mimosa scabrella leaves growing on areas with different succession stages pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v41_n3_p435-450_2011.pdf 155.3Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account