Biblioteca Florestal
Digital

Utilização da serragem de Eucalyptus spp. para a produção de tijolo maciço cerâmico

Show simple item record

dc.contributor.author Mori, Fábio Akira
dc.contributor.author Covezzi, Murilo Morgandi
dc.contributor.author Mori, Cláudia Lopes Selvati de Oliveira
dc.date.accessioned 2015-10-01T17:25:18Z
dc.date.available 2015-10-01T17:25:18Z
dc.date.issued 2011-07
dc.identifier.citation MORI, F. A.; COVEZZI, M. M.; MORI, C. L. S. O. Utilização da serragem de Eucalyptus pp. para a produção de tijolo maciço cerâmico. Floresta, Curitiba, v. 41, n. 3, p. 641-654, jul./set. 2011. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15330
dc.description.abstract Objetivou-se neste trabalho verificar a viabilidade do processo de incorporação de serragem de Eucalyptus spp. para a confecção de produtos cerâmicos; avaliar em ensaios preliminares de laboratório o comportamento da argila e dos tratamentos constituídos com traços de mistura argila/serragem; avaliar a composição química da serragem e proceder a uma análise mineralógica da argila pelo teste de difração de raios X. Utilizaram-se 10 tratamentos com a mistura argila/serragem: 1:0 (testemunha), 2:1, 3:1, 4:1, 5:1, 6:1, 7:1, 8:1, 9:1 e 10:1. As características físicas e mecânicas das amostras foram determinadas. Verificou-se que existe a viabilidade técnica de incorporação em diferentes misturas de argila/serragem de Eucalyptus para produção de produtos cerâmicos. Em relação à resistência mecânica dos tijolos produzidos, uma boa incorporação foi de oito partes de argila e uma de serragem. Nas demais propriedades físicas, uma incorporação de no mínimo seis partes de argila e uma parte de serragem. Na análise mineralógica por difração de raios X, a argila caracterizou-se como caulinítica. Através dos testes realizados, observou-se que o peso dos corpos de prova com essa incorporação foi, em média, 12,7% menor do que o dos constituídos somente de argila. pt_BR
dc.description.abstract This research has as its main aims: to evaluate the Eucalyptus sawdust incorporation feasibility for ceramics production, analyzing in laboratory initial analysis the behavior of clay/sawdust mixture compared to a control treatment; to evaluate the chemical composition of the sawdust; to carry on a mineralogical analysis of the clay by X-Ray diffraction test. In order to do that, ten treatments for bricks production had been improved, based on the following clay/sawdust rates: 1:0, 2:1, 3:1, 4:1, 5:1, 6:1, 7:1, 8:1, 9:1 and 10:1. The physical and mechanical properties of the samples were subsequently determined. It was verified that there are technical viability of incorporation in different mixtures of clay/sawdust of Eucalyptus for production of ceramic products. In relation to mechanical resistance of the produced bricks a good incorporation was of eight parts of clay and one of sawdust. In relation to the other physical properties there is an incorporation of at least six parts of clay and one of sawdust. In the mineralogical clay analysis by X-Ray diffraction it was characterized as caulinitic. Accordingly to the accomplished tests, it was observed that the average weight of the proof bodies with this incorporation was 12,7% smaller than the ones constituted only of clay. pt_BR
dc.format 14 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.41,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia da madeira e de produtos florestais pt_BR
dc.title Utilização da serragem de Eucalyptus spp. para a produção de tijolo maciço cerâmico pt_BR
dc.title Eucalyptus sawdust utilization to massive ceramic brick production pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v41_n3_p641-654_2011.pdf 1.426Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account