Biblioteca Florestal
Digital

Análise da fragilidade ambiental como suporte ao planejamento do ecoturismo em unidades de conservação: estudo de caso FLONA de Irati-PR

Show simple item record

dc.contributor.author Maganhotto, Ronaldo Ferreira
dc.contributor.author Santos, Leonardo José Cordeiro
dc.contributor.author Oliveira Filho, Paulo Costa de
dc.date.accessioned 2015-09-24T19:08:38Z
dc.date.available 2015-09-24T19:08:38Z
dc.date.issued 2011-04
dc.identifier.citation MAGANHOTTO, R. F.; SANTOS, L. J. C.; OLIVEIRA FILHO, P. C. Análise da fragilidade ambiental como suporte ao planejamento do ecoturismo em unidades de conservação: estudo de caso FLONA de Irati-PR. Floresta, Curitiba, v. 41, n. 2, p. 231-242, abr./jun. 2011. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15269
dc.description.abstract Uma série de fatores, como o crescimento demográfico desordenado, a industrialização e a exploração dos recursos naturais, entre outros, têm influenciado negativamente na salubridade ambiental. As unidades de conservação estão inseridas nesse cenário como agentes reguladores da utilização irracional da natureza e como instrumento de educação ambiental a partir de atividades recreativas. No entanto, grande parte dessas áreas apresenta ausência ou deficiências quanto ao seu plano de manejo. Nesse contexto, o levantamento da fragilidade física ambiental da Floresta Nacional (FLONA) de Irati, PR, objetivo deste trabalho, poderá auxiliar na atualização do plano de manejo, assim como no planejamento e gestão da unidade. A metodologia de Ross (1994) orientou o desenvolvimento da pesquisa e identificou quatro classes de fragilidade, sendo predominante a classe de fragilidade baixa, que ocupa cerca de 60% da área. No entanto, as classes de fragilidade alta e muito alta requerem uma maior atenção, já que a unidade configura-se como de uso sustentável, fato que regulamenta a utilização direta da natureza. Além disso, tais informações poderão auxiliar no planejamento turístico, dando subsídio à implantação do ecoturismo, de trilhas e de demais ações que deverão ser direcionadas para as classes de menor fragilidade. pt_BR
dc.description.abstract Different factors as disorderly demographic growth, industrialization, exploration of natural resources and others have negative influence into environment healthiness. Conservation units are inserted into such scenario as regulating agents for irrational use of nature as well as an instrument of environmental education by recreational activities. However, a large number of these areas present absence or deficiencies related to their management plan. In such context, surveying environment physical fragility of National Forest (FLONA) of Irati-PR, focus of this work, would be helpful to bring up-to-date a management plan, as well as for planning and management of the unit. Ross methodology (1994) oriented this research development and identified four classes of fragility, having as the predominant one the Low Fragility Class, about 60%. However, High and Very High Fragility Class require a higher attention, considering that this is a sustainable unit, a configuration which regulates direct use of nature. Moreover, such information would be helpful to touristic planning in order to ecological tourism implantation, tracks, and other actions for less fragility classes. pt_BR
dc.format 12 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.41,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Gestão ambiental pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecoturismo pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Administração e gestão florestal pt_BR
dc.title Análise da fragilidade ambiental como suporte ao planejamento do ecoturismo em unidades de conservação: estudo de caso FLONA de Irati-PR pt_BR
dc.title Environment physical fragility analysis for ecotourism planning into conservation units: case-study of Irati’s National Forest pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v41_n2_p231-242_2011.pdf 514.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account