Biblioteca Florestal
Digital

Superação da dormeência em sementes de paineira-branca

Show simple item record

dc.contributor.author Nascimento, Irinaldo Lima do
dc.date.accessioned 2015-09-24T17:56:29Z
dc.date.available 2015-09-24T17:56:29Z
dc.date.issued 2012-04
dc.identifier.citation NASCIMENTO, I. L. Superação da dormeência em sementes de paineira-branca. Cerne, Lavras, v. 18, n. 2, p. 285-291, abr./jun. 2012. pt_BR
dc.identifier.issn 0104-7760
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/15260
dc.description.abstract A paineira-branca Ceiba glaziovi (kuntze) k. Schu, pertencente à família das Bombacaceas, conhecida como barriguda, é bastante utilizada em paisagismo e reflorestamento, porém a dormência de suas sementes compromete a reprodução da espécie. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a eficácia de diferentes métodos de superação de dormência na germinação. Os tratamentos foram: escarificação mecânica com lixa d’água número 85, escarificação química com ácido sulfúrico concentrado durante 5, 10, 15 e 20 minutos, escarificação física com água quente a 60, 70, 80 e 90 oC durante um minuto; embebição em água destilada, durante 24, 48 e 72 horas, aquecimento em estufa de 65°C por 1, 2, 3 e 4 horas e testemunha. Cada tratamento contou com quatro repetições de 25 sementes, o delineamento experimental foi o inteiramente casualisado e, na comparação de médias, utilizou-se o teste de Skott Knott a 5% de probabilidade. Os parâmetros avaliados foram porcentagem de emergência, índice de velocidade de emergência, matéria seca e comprimento de plantas. Os tratamentos mais indicados foram: a escarificação mecânica, imersão em ácido sulfúrico pelos tempos de 5, 10 e 15 minutos e imersão em água destilada por 48 horas. pt_BR
dc.description.abstract Cotton-silk tree Ceiba glaziovii (kuntze) k. Schu belongs to family Bombacaceas and is locally known as barriguda. It is widely used in landscaping and reforestation, neverdeless seed dormancy affects reproduction in this species. The objective of this study was to evaluate the effectiveness of different methods to overcome dormancy in the germination process. Treatments included mechanical scarification with 85-grit sandpaper, chemical scarification with concentrated sulfuric acid for 5, 10, 15 and 20 minutes, physical scarification with hot water at 60°, 70°, 80°and 90° C for one minute, imbibition in distilled water for 24, 48 and 72 hours, oven heating at 65° C for 1, 2, 3 and 4 hours, and a control treatment. Each treatment included four replicates of 25 seeds, using a completely randomized experimental design, and means were compared by the Scott-Knott test at the 5% probability level. Assessed parameters included emergence percentage, emergence rate index, dry matter and length of plants. The most recommended treatments were mechanical scarification, immersion in sulfuric acid for 5, 10 and 15 minutes and immersion in distilled water for 48 hours. pt_BR
dc.format 7 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.18,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sementes florestais pt_BR
dc.title Superação da dormeência em sementes de paineira-branca pt_BR
dc.title Overcoming dormancy in seeds of cotton-silk tree pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v18_n2_p285-291_2012.pdf 809.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account