Biblioteca Florestal
Digital

Propriedades químicas de extratos tânicos da casca de Pinus oocarpa e avaliação de seu emprego como adesivo

Show simple item record

dc.contributor.author Vieira, Michel Cardoso
dc.contributor.author Lelis, Roberto Carlos Costa
dc.contributor.author Rodrigues, Nayara Dorigon
dc.date.accessioned 2015-08-26T18:03:34Z
dc.date.available 2015-08-26T18:03:34Z
dc.date.issued 2014-01
dc.identifier.citation VIEIRA, M. C.; LELIS, R. C. C.; RODRIGUES, N. D. Propriedades químicas de extratos tânicos da casca de Pinus oocarpa e avaliação de seu emprego como adesivo. Cerne, Lavras, v. 20, n. 1, p. 47-54, jan./mar. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 0104-7760
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14962
dc.description.abstract Neste trabalho, objetivou-se avaliar as propriedades de extratos aquosos obtidos da casca de Pinus oocarpa sob adição de sulfito de sódio e bissulfito de sódio e a possibilidade de emprego dos taninos da casca como adesivo para colagem de madeira. Para a casca de Pinus oocarpa, foram testadas oito formas de extração dos taninos. Após a avaliação das propriedades químicas dos extratos tânicos, optou-se por empregar a extração com água destilada sob adição de 5 % de sulfito de sódio para confecção do adesivo tanino-formaldeído. Adesivo Fenol-formaldeído e Uréia-formaldeído foram substituídos por 10% de tanino de Pinus oocarpa e o efeito dessa adição sobre a qualidade do adesivo foi avaliado. A adição de extrato tânico da casca de Pinus oocarpa mostrou que é possível utilizar tanino puro como adesivo, em razão de suas boas características de colagem. A adição do extrato tânico aos adesivos sintéticos contribuiu para o aumento nos valores de viscosidade. Dessa forma, a substituição de adesivos sintéticos por taninos é possível somente até 10%. pt_BR
dc.description.abstract This work evaluated the properties of aqueous extracts obtained from the bark of Pinus oocarpa under addition of sodium sulfite and sodium bisulfite and the possibility of employment of tannins from the bark as an adhesive for bonding wood. After evaluation of the chemical properties of tannic extracts it was decided to employ the extraction with distilled water under addition of / 5% sodium sulfite to prepare for the tannin-formaldehyde adhesive. Adhesive phenol formaldehyde and urea-formaldehyde were modified with 10% tannin Pinus oocarpa and the effect of this addition on the quality of the adhesive was evaluated. The addition from the bark of Pinus oocarpa showed that it is possible to use pure tannin as an adhesive because of its good gluing characteristics. The addition of tannic extract to synthetic adhesives contributed to increase viscosity values. Thus the substitution of synthetic adhesives by tannins is possible only up to 10%. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.20,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia de produtos florestais não madeireiros pt_BR
dc.title Propriedades químicas de extratos tânicos da casca de Pinus oocarpa e avaliação de seu emprego como adesivo pt_BR
dc.title Chemical properties of tannic extracts from bark of Pinus oocarpa and their use as adhesive pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v20_n1_p47-54_2014.pdf 319.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account