Biblioteca Florestal
Digital

Estimativas de índice de área foliar de plantios de Eucalyptus spp. segundo três alternativas metodológicas

Show simple item record

dc.contributor.author Cantinho, Roberta Zecchini
dc.contributor.author Ponzoni, Flávio Jorge
dc.contributor.author Santos, Sandra Benfica dos
dc.date.accessioned 2015-08-19T18:19:20Z
dc.date.available 2015-08-19T18:19:20Z
dc.date.issued 2014
dc.identifier.citation CANTINHO, R. Z.; PONZONI, F. J.; SANTOS, S. B. Estimativas de índice de área foliar de plantios de Eucalyptus spp. segundo três alternativas metodológicas. Cerne, Lavras, v. 20, n. 3, p. 485-492. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 0104-7760
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14899
dc.description.abstract Foram realizadas estimativas de Índice de Área Foliar (IAF) e de Índice de Área de Vegetação (IAV) em 36 parcelas posicionadas em plantios de Eucalyptus sp. localizados nos municípios de Aracruz e São Mateus (ES), de propriedade da empresa FIBRIA S/A, mediante a aplicação de três diferentes técnicas: método destrutivo, processamento de fotografias hemisféricas tomadas no interior dos dosséis e utilização do equipamento LAI- 2000 (LICOR). As coletas de dados em campo foram realizadas em duas épocas do ano, procurando explorar diferenças fenológicas atuantes principalmente sobre os valores de IAF e de IAV. As estimativas de IAF efetuadas a partir do método destrutivo, em termos absolutos, foram sempre superiores àquelas do IAV efetuadas a partir dos métodos indiretos. No período chuvoso, as relações entre as estimativas de IAF e de IAV, para ambos os métodos indiretos, foram mais fortes e consistentes do que aquelas verificadas no período mais seco do ano. As relações entre as estimativas de IAV efetuadas pelos dois métodos indiretos (fotografias e LAI-2000) foram consistentes e com grau de aderência mais elevado do que aquelas verificadas entre o IAF e IAV. pt_BR
dc.description.abstract Leaf Area Index (LAI) and Vegetation Area Index (VAI) estimations have been performed in 36 sample points located in Eucalyptus sp. canopies situated in Aracruz and São Mateus (ES) towns and from FIBRIA S/A company. Three different techniques have been applied: destructive method, hemispherical photos taken inside the canopies and LAI-2000 (LICOR). The field data collections were carried out in two seasons in order to detect phenological changes that should affect both LAI and VAI values. LAI values estimated by destructive method were higher than VAI values estimated by the indirect methods in absolute terms. During the rainy season the relationships between LAI and VAI, for the two indirect methods, were stronger and more consistent than those verified for the dry season. The relationships between VAI (indirect methods) were consistent than those calculated between LAI and VAI. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.20,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Estimativas de índice de área foliar de plantios de Eucalyptus spp. segundo três alternativas metodológicas pt_BR
dc.title Leaf area index estimation of eucalyptus plantation using three alternative methodologies pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v20_n3_p485-492_2014.pdf 314.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account