Biblioteca Florestal
Digital

Panorama da indústria de celulose e papel no Brasil: 2001 a 2011

Show simple item record

dc.contributor.author Coelho, Maritzel Rios Fuentes
dc.contributor.author Coelho, Márcio Henrique
dc.date.accessioned 2015-08-18T19:18:20Z
dc.date.available 2015-08-18T19:18:20Z
dc.date.issued 2013-07
dc.identifier.citation COELHO, M. R. F.; COELHO, M. H. Panorama da indústria de celulose e papel no Brasil: 2001 a 2011. Floresta, Curitiba, v. 43, n. 3, p. 463-474, jul./set. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14885
dc.description.abstract Este artigo visa estabelecer um panorama da indústria de celulose e papel sediada no Brasil, evidenciando o desempenho de algumas variáveis importantes para análise do setor, tais como a capacidade de produção, os tipos de produtos, as magnitudes das exportações e das importações e o destino das exportações, o nível e a capacidade de utilização e o preço médio das exportações no período de 2001 a 2011. Para tanto, foram utilizados dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC, 2012), da Associação Brasileira de Celulose e Papel (BRACELPA, 2011) e da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, 2011). No geral, os resultados revelam que a indústria de celulose vem ganhando espaço no âmbito do comércio internacional, diante de uma nova redistribuição espacial da produção, em função do obsoletismo das indústrias europeias, norte-americanas e canadenses e da inserção da celulose de fibra curta nos diferentes estágios de produção. No caso da indústria de papel, os indicadores apontam um cenário não tão promissor, diante do acirramento da concorrência internacional, embora o mercado interno possa vir a se constituir num grande impulso para a indústria local. pt_BR
dc.description.abstract This research aims to analyze the performance of the Brazilian pulp and paper industry, from 2001 to 2011, towards the main variables for the sector analysis, such as production capacity, sort of products, magnitude of exports, imports, destination of exports, level and capacity of utilization, and the average price of exports. In order to that, it used primary data from Ministry of Development, Industry and Foreign Trade (MDIC, 2012), Brazilian Association of Pulp and Paper (BRACELPA, 2011) and Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO, 2011). In general, results indicate that cellulose industry has gained importance in international trade, before a new spatial redistribution of production, according to the obsolescence of European, North American and Canadian industries, and the insertion of hardwood pulp in different stages of production. In relation to the paper industry, the results suggest a scenario not as promising as for the pulp one, even though domestic market may constitute a major boost to the industry. pt_BR
dc.format 12 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.43,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia de celulose e papel pt_BR
dc.title Panorama da indústria de celulose e papel no Brasil: 2001 a 2011 pt_BR
dc.title Overview of the pulp and paper industry in Brazil: 2001/2011 pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v43_n3_p463-474_2013.pdf 194.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account