Biblioteca Florestal
Digital

Aspectos florísticos de três estágios sucessionais em mata ciliar em Arroio do Padre, extremo sul do Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Venzke, Tiago Schuch
dc.contributor.author Martins, Sebastião Venâncio
dc.date.accessioned 2015-08-17T18:21:25Z
dc.date.available 2015-08-17T18:21:25Z
dc.date.issued 2013-04
dc.identifier.citation VENZKE, T. S.; MARTINS, S. V. Aspectos florísticos de três estágios sucessionais em mata ciliar em Arroio do Padre, extremo sul do Brasil. Floresta, Curitiba, v. 43, n. 2, p. 191-204, abr./jun. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14867
dc.description.abstract O objetivo foi caracterizar a composição e as relações florísticas de estágios sucessionais de uma mata ciliar em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual no Município de Arroio do Padre, extremo sul do Brasil. A área amostral foi 1,2 ha, dividida em 0,2 ha para capoeira (5 anos de regeneração), 0,5 ha para floresta secundária (45 anos de regeneração) e 0,5 ha de floresta madura. Em parcelas de 10 x 10 m, foram amostrados todos os indivíduos arbustivo-arbóreos com DAP ≥5 cm. A riqueza nos três estágios sucessionais revelou 72 espécies, distribuídas em 52 gêneros e 33 famílias. A capoeira apresentou menor número de táxons, enquanto na fase madura ocorreram maior quantidade (49) e riqueza de espécies exclusivas (20). A composição florística foi influenciada pelo estágio sucessional, e a classificação das parcelas pela análise de similaridade formou agrupamentos conforme a idade da regeneração. Isso reflete a adaptação da comunidade às condições ambientais proporcionadas pelo avanço da sucessão ecológica. Assim, recomenda-se que as estratégias de restauração florestal considerem as espécies adaptadas ao estágio sucessional, a fim de maximizar os projetos de reflorestamento e restauração ecológica. pt_BR
dc.description.abstract This research aims to characterize composition and floristic relations of three successional stages of a Riparian Semi-deciduous Seasonal Forest, in the municipality of Arroio do Padre, South of Brazil. The sample area was divided into 0.2 ha for „capoeira‟ (five years of regeneration), 0.5 ha for secondary forest (45 years for regeneration), and 0.5 ha for mature forest (primary forest). Richness in the three succession stages included 72 species distributed into 52 genera and 33 families. „Capoeira‟ presented lower quantity of taxa, whereas in the mature forest occurred greater number of species (49) and exclusive species (20). The floristic composition was influenced by successional stage and classification of plots by the similarity analysis clusters formed as the regeneration time. Differences in floristic composition reflect community adaptation to the conditions provided along succession. These variations reveal that the age of the succession reflects in forest floristic, and strategies for forest restoration should consider species adapted to successional stages in order to maximize native forests reforestation projects. pt_BR
dc.format 14 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.43,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.title Aspectos florísticos de três estágios sucessionais em mata ciliar em Arroio do Padre, extremo sul do Brasil pt_BR
dc.title Floristic composition of three successional stages of a riparian forest in the municipality of Arroio do Padre, very south of Brazil pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v43_n2_p191-204_2013.pdf 401.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account