Biblioteca Florestal
Digital

Produção de carvão vegetal de casca de baru (Dipteryx alata) utilizando células de carbonização

Show simple item record

dc.contributor.author Vale, Ailton Teixeira do
dc.contributor.author Olsen, Leandro Borges
dc.date.accessioned 2015-08-14T19:31:12Z
dc.date.available 2015-08-14T19:31:12Z
dc.date.issued 2013-01
dc.identifier.citation VALE, A. T.; OLSEN, L. B. Produção de carvão vegetal de casca de baru (Dipteryx alata) utilizando células de carbonização. Floresta, Curitiba, v. 43, n. 1, p. 117-124, jan./mar. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14855
dc.description.abstract Em Pirenópolis, GO, o extrativismo do baru (Dipteryx alata Vog.) é comum entre os pequenos produtores rurais. Organizações não governamentais têm desenvolvido projetos de comercialização da amêndoa para aumentar a renda familiar. O extrativismo gera uma grande quantidade de resíduos na forma de casca. A casca descartada no meio ambiente contribui para a poluição ambiental. No entanto, a transformação em carvão vegetal agrega valor, tornando-a um produto comercializável para churrasco. O objetivo deste trabalho foi avaliar um sistema de produção de carvão de casca baru em células de carbonização. Na carbonização, utilizou-se um forno metálico envolto em cápsula de alvenaria com fonte de calor externa. A casca de baru utilizada foi coletada em Pirenópolis, e o experimento foi conduzido na Universidade de Brasília. Foram testados dois tratamentos, carbonização em 7,5 h e em 9,5 h. Para todas as variáveis estudadas, não foi encontrada diferença significativa entre os tratamentos, optando-se pela carbonização em 7,5 h. A carbonização realizada em 7,5 horas gerou rendimento em carvão vegetal acima de 32%, com qualidades do carvão vegetal semelhantes àquelas encontradas na literatura. Portanto, o sistema de produção de carvão vegetal de baru utilizando células de carbonizações mostrou-se eficiente e pode ser utilizado em substituição a outros sistemas. pt_BR
dc.description.abstract In Pirenópolis - GO, extraction of baru (Dipteryx alata Vog.) is common among small farmers. Non-governmental organizations have developed projects for the marketing of almonds to increase family income. The extraction generates a lot of waste in the form of bark. The bark discarded in the environment contributes to environmental pollution. However, the transformation into charcoal adds value by making it a marketable product for barbecue. The objective of this study was to evaluate a production system of charcoal from baru bark in carbonization cells. For the carbonization it was used a metallic furnace encased in brick with external heat source. The bark came from Pirinópolis and the experiment was developed at the University of Brasilia. Two treatments were tested, carbonization at 7.5 h and 9.5 h. For all studied variables it was not found significant differences between treatments, then the option is carbonization at 7.5 h. The carbonizations were performed in 7.5 hours, producing charcoal yield above 32% with qualities similar to those found in the literature. Therefore, the production system of charcoal from “baru” bark using carbonization cells was efficient and can be used instead of other systems. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.43,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia da madeira e de produtos florestais pt_BR
dc.title Produção de carvão vegetal de casca de baru (Dipteryx alata) utilizando células de carbonização pt_BR
dc.title Charcoal production of bark of baru (Dipteryx alata) using carbonization cells pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v43_n1_p117-124_2013.pdf 428.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account