Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação da carga de trabalho físico e biomecânica de trabalhadores na roçada manual e semimecanizada

Show simple item record

dc.contributor.author Oliveira, Felipe Martins de
dc.contributor.author Lopes, Eduardo da Silva
dc.contributor.author Rodrigues, Carla Krulikowski
dc.date.accessioned 2015-08-13T17:25:34Z
dc.date.available 2015-08-13T17:25:34Z
dc.date.issued 2014
dc.identifier.citation OLIVEIRA, F. M.; LOPES, E. S.; RODRIGUES, C. K. Avaliação da carga de trabalho físico e biomecânica de trabalhadores na roçada manual e semimecanizada. Cerne, Lavras, v. 20, n. 3, p. 419-425. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 0104-7760
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14837
dc.description.abstract Nesta pesquisa, objetivou-se realizar uma avaliação da carga de trabalho físico e biomecânica de trabalhadores nas atividades de roçada manual e semimecanizada para a implantação de plantios florestais. A carga de trabalho físico foi avaliada por meio do levantamento da frequência cardíaca dos trabalhadores nas diversas fases do ciclo de trabalho, com uso de um monitor Polar Oy. A avaliação biomecânica foi realizada por meio de filmagens dos trabalhadores no trabalho, sendo definidas as posturas típicas e os dados analisados no programa 3DSSPP (Programa de Predição de Postura e de Força Estática), desenvolvido pela Universidade de Michigan, EUA. Os resultados mostraram que, a atividade de roçada manual requereu maior esforço físico, com carga cardiovascular acima do limite máximo recomendado de 40%, sendo a atividade classificada como pesada. Nesse método de trabalho, várias articulações dos trabalhadores apresentaram riscos de lesões, sendo o quadril a articulação mais comprometida, com percentual de capazes variando entre 88 e 92%. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this research was to evaluate of the physical work load and biomechanical of workers at manual and semi-mechanized mowing activities for the planting the forests. The physical work load was evaluated in a survery of the workers cardiac frequency in different stages of the work using a Polar Oy monitor. To the biomechanic evaluation the workers were filmed in the execution of the work, defined the typical postures adopted and the date analyzed in program 3DSSPP (3D Static Strength Prediction Program) developed for University of Michigan, USA. The results showed that the activity of manual mowing required greater physical effort, with cardiac frequency above the maximum limit recommended of 40% and the activity was classified as heavy. In this method of working the various joints of the workers showed injurie risks. The hip joint articulation was the most affected, with capable percentage varying between 88 and 92%. pt_BR
dc.format 7 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.20,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Ergonomia pt_BR
dc.title Avaliação da carga de trabalho físico e biomecânica de trabalhadores na roçada manual e semimecanizada pt_BR
dc.title Evaluation of the physical work load and biomechanical of workers at manual and semi-mechanized mowing pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v20_n3_p419-425_2014.pdf 1.566Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account