Biblioteca Florestal
Digital

Projeções de consumo de madeira com fins energéticos para secagem de grãos na região de Guarapuava, PR

Show simple item record

dc.contributor.author Dresch, André Ramos
dc.contributor.author Hoeflich, Vitor Afonso
dc.contributor.author Timofeiczyk Júnior, Romano
dc.contributor.author Schaitza, Erich Gomes
dc.date.accessioned 2015-08-11T19:03:24Z
dc.date.available 2015-08-11T19:03:24Z
dc.date.issued 2014-01
dc.identifier.citation DRESCH, A. R. et al. Projeções de consumo de madeira com fins energéticos para secagem de grãos na região de Guarapuava, PR. Floresta, Curitiba, v. 44, n. 1, p. 81-92, jan./mar. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14827
dc.description.abstract O objetivo principal deste artigo foi avaliar a capacidade potencial da indústria madeireira em atender às necessidades da secagem dos grãos produzidos na região de Guarapuava em florestas plantadas de eucalipto voltadas à produção de energia a partir de sua biomassa. Sob a ótica metodológica, a pesquisa caracterizou-se pela natureza aplicada, enfoque quantitativo e caráter explicativo e por estar fundamentada nos princípios de cadeias produtivas e de demanda derivada. Os resultados indicaram que normalmente os plantios energéticos de eucalipto na região apresentam produtividade de 40 m3/ha/ano. Os grãos de milho, soja, trigo e cevada passam por processos de secagem na região. Utiliza-se 0,0574 m3 de madeira de eucalipto para secar uma tonelada de milho, 0,0218 m3 por tonelada de soja, 0,0224 m3 por tonelada de trigo e 0,0258 m3 por tonelada de cevada. Estimou-se que, entre os anos de 2012 e 2022, a área total necessária para atender a secagem desses grãos pode variar entre 1.947 e 4.800 ha, com média entre 177 ha e 436,4 ha, conforme o cenário analisado. Os resultados indicam a necessidade da integração dos plantios florestais de eucalipto às cadeias produtivas agrícolas, visando ao atendimento das necessidades de secagem de grãos da região. pt_BR
dc.description.abstract The main aim of this work was to evaluate the potential capacity of the wood industry to cater the grain drying facilities in the region of Guarapuava, based on areas of eucalyptus plantations aimed at producing wood for energy purposes. Methodologically, this research is characterized by its applied nature, quantitative focus and explanatory character; it is also based on the principles of derived demand and supply chains. The results indicated that eucalyptus plantations for energy purposes in the region have produced 40 m3/ha of wood per year. The grains of maize, soybeans, wheat and barley are dried in grain dryers in the region. In general, the drying process uses 0.0574 m3 of eucalyptus to dry one ton of maize, 0.0218 m3 per ton of soybeans, 0.0224 m3 per ton of wheat, and 0.0258 m3 per ton of barley. Between years 2012 to 2022 the total area required to meet the drying of grains can vary between 1946.7 and 4799.9 ha, an average of 177 to 436.4 ha, depending on the scenario. It is important to integrate the eucalyptus plantations to the agricultural production chain seeking to meet the needs of grain drying in the region. pt_BR
dc.format 12 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.44,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Energia de biomassa florestal pt_BR
dc.title Projeções de consumo de madeira com fins energéticos para secagem de grãos na região de Guarapuava, PR pt_BR
dc.title Projections of wood consumption for energy purposes of grain drying in the region of Guarapuava- PR pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v44_n1_p81-92_2014.pdf 268.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account