Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação do esforço físico dispendido em operações florestais: um exemplo na operação de colheita de sementes

Show simple item record

dc.contributor.author Seixas, Fernando
dc.date.accessioned 2015-07-23T18:06:38Z
dc.date.available 2015-07-23T18:06:38Z
dc.date.issued 1991-06
dc.identifier.citation SEIXAS, F. Avaliação do esforço físico dispendido em operações florestais: um exemplo na operação de colheita de sementes. Piracicaba: IPEF. Série Técnica, v. 7, n. 22. 1991. 16p. pt_BR
dc.identifier.issn 100 - 8137
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14682
dc.description O conteúdo é apresentado em: Introdução; Circulação do sangue e respiração; Consumo de energia no trabalho florestal: Aspectos gerais/ O trabalho florestal; Avaliação do esforço físico no trabalho: Pulsação cardíaca; Avaliação do esforço físico na operação de colheita de sementes florestais: Método utilizado/ ResuLtados; Conclusões; Referências bibliográficas. pt_BR
dc.description.abstract O esforço físico resulta de qualquer atividade desenvolvida pelo homem, seja durante o período de descanso até à prática de exercícios pesados. O esforço mais intenso deve ser evitado, sob risco de conseqüências de danos físicos e psicológicos ao ser humano. Em termos operacionais esse tipo de esforço é caracterizado como trabalho pesado ("heavy work"). O trabalho pesado é "qualquer atividade que exija um grande esforço físico, caracterizado por um consumo elevado de energia e severa pressão no coração e pulmões. O consumo de energia e capacidade cardíaca estabelecem limites para a perfomance sob trabalho é pesado, e estas duas funções são sempre usadas para determinar o grau de severidade em uma tarefa física". (GRANDJEAN, 1988). A aplicação de métodos fisiológicos procura permitir que a carga de trabalho se mantenha dentro de limites que tornem possível o trabalho em turno de 8 horas. "Se os trabalhadores estão satisfeitos com seus empregos, se eles não estão expostos a excesso físico e pressão mental, se eles estão adequadamente protegidos contra influências desfavoráveis do meio ambiente e se estão em um estado aceitável de saúde e nutrição, eles irão produzir mais e receber maiores salários". (Organização Internacional do Trabalho). pt_BR
dc.format 16 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisa e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Série Técnica;22
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Administração e gestão florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Ergonomia pt_BR
dc.title Avaliação do esforço físico dispendido em operações florestais: um exemplo na operação de colheita de sementes pt_BR
dc.type Boletim Técnico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
ipef-serie-tecnica-1991-v-7-n-22-p-1-16.pdf 1.555Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account