Biblioteca Florestal
Digital

Produção de mudas de Anadenanthera macrocarpa em função de substratos alternativos e da frequência de fertirrigação

Show simple item record

dc.contributor.author Uliana, Marcelo Bortoli
dc.contributor.author Fey, Rubens
dc.contributor.author Malavasi, Marlene Matos
dc.contributor.author Malavasi, Ubirajara Contro
dc.date.accessioned 2015-07-13T18:07:29Z
dc.date.available 2015-07-13T18:07:29Z
dc.date.issued 2014-04
dc.identifier.citation ULIANA, M. B. et al. Produção de mudas de Anadenanthera macrocarpa em função de substratos alternativos e da frequência de fertirrigação. Floresta, Curitiba, v. 44, n. 2, p. 303-312, abr./jun. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14617
dc.description.abstract Com o aumento da demanda de produtos da cana-de-açúcar, seu resíduo (bagaço), que possui baixo custo nas regiões produtoras e potencial de uso para produção de mudas, pode ser uma alternativa viável. Este ensaio objetivou quantificar o crescimento de mudas de angico-vermelho em função de substratos à base de bagaço de cana-de-açúcar decomposto e com diferentes intervalos de fertirrigação. O ensaio foi conduzido em um delineamento de blocos ao acaso e testou três frequências de fertirrigação (7, 14 e 21 dias), mais a testemunha (sem fertirrigação), e três substratos à base de bagaço de cana-de-açúcar decomposto com a adição de húmus, vermiculita, vermiculita e areia, e um substrato comercial isento de bagaço de cana (testemunha). As mensurações das mudas incluíram: altura, diâmetro do coleto, massa seca dos tecidos aéreos e radiculares aos 50, 80, 110 e 140 dias após a emergência. Os resultados indicaram maior desenvolvimento de mudas de angico- vermelho com o substrato bagaço de cana decomposto misturado com húmus na proporção 7:3 (v/v), enquanto as frequências de fertirrigação testadas pouco influenciaram o crescimento durante os períodos de avaliação. pt_BR
dc.description.abstract This essay evaluated the development of seedlings of Anadenanthera macrocarpa as a function of substrates made from decomposed sugarcane and fertigation frequency. The essay was conducted in a randomized block design with three fertigation frequencies (7, 14 or 21 days) plus a control (without fertigation) and three substrates from decomposed sugarcane mixed with humus, vermiculite, vermiculite and sand, and a commercial substrate (control). Measurements included seedling height, stem diameter, and shoot and root biomass at 50, 80, 110, and 140 days after seed emergence. The results revealed faster growth of Anadenanthera macrocarpa seedlings produced with decomposed sugarcane mixed with humus 7:3 (v/v), while fertigation frequency had little effect upon seedling growth. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.44,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Produção de mudas de Anadenanthera macrocarpa em função de substratos alternativos e da frequência de fertirrigação pt_BR
dc.title Seedling production of Anadenanthera macrocarpa as a function of substrates and fertigation regimes pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v44_n2_p303-312_2014.pdf 220.2Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account