Biblioteca Florestal
Digital

Crescimento da candeia pela adubação mineral e orgânica em rejeito da mineração de quartzito

Show simple item record

dc.contributor.author Amaral, Cristiany Silva
dc.contributor.author Silva, Enilson de Barros
dc.contributor.author Pereira, Israel Marinho
dc.contributor.author Nardis, Bárbara Olinda
dc.contributor.author Gonçalves, Neubert Homem
dc.contributor.author Amaral, Wander Gladson
dc.date.accessioned 2015-07-10T17:32:05Z
dc.date.available 2015-07-10T17:32:05Z
dc.date.issued 2014-07
dc.identifier.citation AMARAL, C. S. et al. Crescimento da candeia pela adubação mineral e orgânica em rejeito da mineração de quartzito. Floresta, Curitiba, v. 44, n. 3, p. 421-430, jul./set. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14594
dc.description.abstract A mineração tem promovido um grande aumento na ocorrência de áreas degradadas advindas de atividades mineradoras no Brasil. O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento da candeia sob a influência da adubação mineral e orgânica quando cultivada em rejeito da mineração de quartzito. Conduziu-se um experimento em casa de vegetação em delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro repetições. Os tratamentos consistiram de cinco combinações de adubação orgânica (AO) e mineral (AM) e um tratamento adicional do rejeito sem AO e AM (Controle). As combinações foram: 0%AO/100%AM; 25%AO/75%AM; 50%AO/50%AM; 75%AO/25%AM; 100%AO/0%AM. As doses de 100% de AM e AO foram de 0,15 g de N, 0,32 g de P 2O5, 0,18 g de K2O e 5 g de esterco de curral por dm3 de rejeito. A candeia respondeu positivamente à adubação mineral e orgânica com as doses recomendadas de 0,075 g N, 0,16 g P 2O5 e 0,09 g K2O e 2,5 g de esterco de curral, por dm3 de rejeito da mineração de quartzito. O acúmulo de nutrientes na espécie candeia foi na seguinte ordem na parte aérea: K > N > P > Ca > Mg >S > Mn > Fe > B > Zn > Cu. pt_BR
dc.description.abstract There is a large increase of degraded areas as result of mining activities in Brazil. This research aims to evaluate growth of the Eremanthus erythropappus on mining reject of quartzite, under the influence of mineral and organic fertilizer. We developed an experiment in a greenhouse, in completely randomized design with four replications. The treatments consisted of five combinations of mineral (MF) and organic (OF) fertilizer, and an additional treatment of mining reject without MF and OF (witness). The combinations were as follows: 0%OF/100%MF; 25%OF/75%MF; 50%OF/50%MF; 75%OF/25%MF; 100%OF/0% MF. Doses of 100% MF and OF were: 0,15 g of N, 0,32 g of P2O5, 0,18 g of K2O, and 5 g of bovine manure per dm3 of mining rejects. The Eremanthus erythropappus responded to mineral fertilization with recommended doses of 0,075 g N, 0,16 g P2O5 and 0,09 g K2O and 2,5 g of bovine manure per dm3 of mining reject of quartzite. The accumulation of nutrients in the species Eremanthus erythropappus on the shoot was as follows: K > N > P > Ca > Mg >S > Mn > Fe > B > Zn > Cu. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.44,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Crescimento da candeia pela adubação mineral e orgânica em rejeito da mineração de quartzito pt_BR
dc.title Growth of Eremanthus erythropappus by mineral and organic fertilization on mining reject of quartzite pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v44_n3_p421-430_2014.pdf 266.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account