Biblioteca Florestal
Digital

Fichário do Educador Ambiental

Show simple item record

dc.contributor.author Departamento de Educação Ambiental
dc.date.accessioned 2015-07-03T14:32:58Z
dc.date.available 2015-07-03T14:32:58Z
dc.date.issued 2008-12
dc.identifier.citation DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Fichário do Educador Ambiental. Brasília: MMA. Coleciona, ano 1, v. 4. 2008. 48p. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14454
dc.description Apresentação do conteúdo: 1 – Textos para se pensar a EA; 2 – Coletivos educadores; 3 – Salas verdes; 4 – Coletivos jovens e com-vidas; 5 – Cooperação internacional; 6 – Educomunicação; 7 – Agenda da EA; 8 – Indica-se. pt_BR
dc.description.abstract Articular a Educação Ambiental à Educação Infantil é o propósito deste texto que pretende discutir algumas vivências das crianças da Educação Infantil da UMEI 1 – (Unidade Municipal de Educação Infantil), localizada no bairro Castelo, do município de Belo Horizonte. Para a elaboração desse artigo, fundamentou-se em uma pesquisa que teve como objetivo principal analisar as vivências de Educação Ambiental das crianças da UMEI-Castelo, ocorridas no período de 2005-6, por meio dos registros documentados pelas professoras dessa Unidade, que também colaboraram a partir de entrevistas semi-estruturadas. Dentre os principais documentos que deram origem à pesquisa, foram considerados o Planejamento Político Pedagógico, os projetos realizados pelas professoras com turmas de crianças de várias idades, documentados sob a forma de “livrões” que contêm reescritas, escritas coletivas, fotografias de atividades extra-escolares e de atividades intra-escolar, depoimentos de familiares, memoriais, dentre outras. A Educação Ambiental na UMEI-Castelo teve como ponto de partida as discussões internas travadas por alguns educadores juntamente coma a coordenação. Paralelo a isso aconteceu o Curso “A Construção da Proposta Pedagógica para a Educação Infantil. Esse curso desencadeou outros debates na UMEI sob a orientação da Secretaria de Educação da Prefeitura de Belo Horizonte, com o objetivo de ampliar as discussões sobre EA na Rede Municipal. Esses momentos de formação serviram como precipitadores para a entrada da temática ambiental nas discussões presentes no interior das UMEIs, que também coincide com o momento da construção de suas Propostas Pedagógicas. Na UMEI-Castelo não foi diferente. Daí se reafirmar a escolha dessa instituição como propícia para a investigação das práticas pedagógicas até então desenvolvidas sob o tema da EA. A UMEI-Castelo é uma unidade educacional que está inserida em um contexto de grandes diferenças socioculturais, econômicas, políticas e raciais que estão presentes e visíveis. Essa diversidade é ao mesmo tempo um desafio instigante para a definição de novas práticas pedagógicas, sobretudo, aquelas que colocam os alunos como sujeitos socioambientais dentro e fora do espaço escolar. pt_BR
dc.format 48 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Ministério do Meio Ambiente - MMA pt_BR
dc.relation.ispartofseries Coleciona;v.4
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Educação ambiental pt_BR
dc.title Fichário do Educador Ambiental pt_BR
dc.type Boletim Técnico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Coleciona-2008-ano-1-vol-4_MMA.pdf 765.0Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account