Biblioteca Florestal
Digital

Preservação de madeiras no Brasil: histórico, cenário atual e tendências

Show simple item record

dc.contributor.author Vidal, Jackson Marcelo
dc.contributor.author Evangelista, Wescley Viana
dc.contributor.author Silva, Jose de Castro
dc.contributor.author Jankowsky, Ivaldo Pontes
dc.date.accessioned 2015-06-22T11:54:00Z
dc.date.available 2015-06-22T11:54:00Z
dc.date.issued 2015-01
dc.identifier.citation VIDAL, J. M. et al. Preservação de madeiras no Brasil: histórico, cenário atual e tendências. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 25, n. 1, p. 257-271, jan./mar. 2015. pt_BR
dc.identifier.issn 0103-9954
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14251
dc.description.abstract O objetivo deste trabalho foi apresentar uma revisão de literatura sobre o setor de preservação de madeiras no Brasil, desde seu início até o ano de 2011. O Brasil é rico em recursos naturais e a madeira sempre ocorreu de forma abundante. Com o crescimento industrial, houve a necessidade de utilizar madeiras de baixa durabilidade natural, mas dependentes de um tratamento preservativo. O tratamento de madeiras iniciou-se no final do século XIX, para atendimento da demanda de dormentes para as ferrovias. Somente na década de 1960, o setor de preservação de madeiras ganhou impulso com aumento significativo das pesquisas científicas, normalização técnica e unidades industriais de preservação de madeira. A partir daí, poucos avanços foram observados. No ano de 2011, as usinas de preservação utilizam basicamente madeiras dos gêneros calyptus e Pinus, realizando, principalmente, o tratamento preservativo em usinas sob pressão. Em pequena escala, utiliza-se o método de substituição de seiva. Os principais preservativos utilizados são o arseniato de cobre cromatado (CCA) e o borato de cobre cromatado (CCB); o creosoto também é utilizado, em reduzida escala. A produção de madeira tratada concentra-se, essencialmente, na produção de moirões de cerca, postes e dormentes. Como tendência, o setor deverá alcançar novos mercados, como o de construção civil, cruzetas e embalagens, bem como intensificar o consumo dos produtos tradicionais. A despeito de inúmeras pesquisas sobre vários produtos, o CCA deverá se manter no mercado por vários anos, pela inexistência de produtos alternativos que apresentem a mesma eficácia, bem como à inexistência de provas que o produto apresente efeitos nocivos à saúde humana e ao meio ambiente. pt_BR
dc.description.abstract The objective of this paper was to show a comprehensive literature review about wood preservation in Brazil, since the earliest years until 2011. Brazil is rich in natural resources and wood has always occurred in abundance. With the industrial growing, there was the necessity of using wood with low natural durability but with chemical preservative treatment. Wood chemical treatment began in late XIX century, mainly to attend the big demand of sleepers to railroads. Only during the 60’s, wood preservation gained market with the increase of scientific researches, elaboration of technical standards and building industrial plants for wood preservation. From this point on, few advances have been reached. In 2011, Eucalyptus and Pinus, were the main species used in wood preservation plants that adopts the vacuum-pressure process. In small production scale, diffusion process is adopted. Copper chromium arsenate (CCA) and Copper chromium borate (CCB) are the most preservatives utilised with some creosote utilisation. The treated wood production is concentrated in fence posts, poles and sleepers. As a trend, the wood preservation must reach new markets, such as building constructions, wood packages and crossarms, and also to intensify the traditional uses. Although there are a lot of researches about chemicals for wood preservation, CCA must keep by the years, once alternative products do not present the same efficacy or clear effects about human health and environment. pt_BR
dc.format 15 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.25,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tratamento da madeira pt_BR
dc.title Preservação de madeiras no Brasil: histórico, cenário atual e tendências pt_BR
dc.title Wood preservation in Brasil: historical, current scenario and trends pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Ciencia Florestal_v25_n1_p257-271_2015.pdf 357.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account