Biblioteca Florestal
Digital

Fauna edáfica na dinâmica sucessional da Mata Atlântica em floresta estacional semidecidual na bacia do rio Paraíba do Sul - RJ

Show simple item record

dc.contributor.author Machado, Deivid Lopes
dc.contributor.author Pereira, Marcos Gervasio
dc.contributor.author Correia, Maria Elizabeth Fernandes
dc.contributor.author Diniz, Anderson Ribeiro
dc.contributor.author Menezes, Carlos Eduardo Gabriel
dc.date.accessioned 2015-06-19T17:49:12Z
dc.date.available 2015-06-19T17:49:12Z
dc.date.issued 2015-01
dc.identifier.citation MACHADO, D. L. et al. Fauna edáfica na dinâmica sucessional da Mata Atlântica em floresta estacional semidecidual na bacia do rio Paraíba do Sul - RJ. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 25, n. 1, p. 91-106, jan./mar. 2015. pt_BR
dc.identifier.issn 0103-9954
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14232
dc.description.abstract A fauna edáfica, pela sua diversidade e magnitude das funções que realiza no ambiente solo, pode refletir o estado de funcionamento dos ecossistemas. Neste sentido, este estudo teve como objetivo avaliar a atividade, composição estrutural e diversidade da comunidade da fauna do solo, em diferentes estádios sucessionais da Mata Atlântica, em Pinheiral - RJ. Para tanto, foram estudadas três áreas de Floresta Estacional Semidecidual Submontana em diferentes estádios sucessionais: Floresta em Estádio Inicial (FEI), Floresta em Estádio Médio (FEM) e Floresta em Estádio Avançado (FEA). Em cada área foi demarcada uma parcela de 30 m x 30 m. Para captura dos organismos epígeos da mesofauna e macrofauna, utilizaram- se armadilhas do tipo “pitfall-traps”, sendo distribuídas, aleatoriamente, 10 armadilhas em cada área. Foram realizadas amostragens em abril e agosto de 2009. A atividade dos organismos (ind arm -1 dia -1 ) e os índices ecológicos de riqueza e equidade de Pielou foram calculados a partir da quantificação e identificação dos indivíduos amostrados. A partir da análise dos resultados, contatou-se que o mês de agosto, caracterizado com maior precipitação, influiu diretamente na atividade, composição estrutural e diversidade da fauna do solo. A estrutura populacional foi influenciada pelos estádios sucessionais, sendo que a atividade dos grupos Acari, Araneae, Diptera, Formicidae, Hymenoptera e Isopoda aumentou em função do avanço sucessional. A atividade total e o índice de riqueza média também responderam ao processo de sucessão. O grupo Entomobryomorpha foi o mais abundante em todas as áreas, sendo o responsável pelas variações do índice de Pielou. De maneira geral, verificaram-se maiores valores da atividade dos grupos, atividade total e riqueza média na FEA, e menores na FEI, confirmando, assim, o potencial uso desses organismos como indicadores da dinâmica sucessional em florestas secundárias. pt_BR
dc.description.abstract The soil fauna, for its diversity and magnitude of the tasks that it carries out in the soil environment, may reflect the state of the ecosystem functioning. Therefore, this study aimed to evaluate the activity, the structural composition and the diversity of soil fauna community in different successional stages of Atlantic forest, in Pinheiral, RJ state. Thus, three areas of lower montane semi-deciduous forest in different succession stages were studied: Forest in initial stage (FIS), Forest in intermediate stage (FINS) and Forest in advanced stage (FAS). In each area, it was demarcated a plot of 30 m x 30 m. To capture the epigean organisms, mesofauna and macrofauna, ‘pitfall-traps’ were used, being distributed, randomly, 10 traps in each area. The samples were taken in April and August 2009. The activity of organisms (arm ind -1 day -1 ) and ecological index of the richness and evenness were calculated from the quantification and identification of individuals sampled. From the analysis of the results, it was noticed that August featured higher precipitation and directly influenced the activity, structural composition and diversity of soil fauna. The population structure was influenced by successional stages, and group activity Acari, Araneae, Diptera, Formicidae, Hymenoptera and Isopoda increased with advancing succession. Total activity and average wealth index also responded to the advancement of vegetation. The group Entomobryomorpha was the most abundant in all areas, being responsible for the variations of the index of evenness. In general, there were higher values ​​of group activity, total activity and average wealth in FAS, and lower the FIS, thus confirming the potential use of these organisms as indicators of successional dynamics of secondary forests. pt_BR
dc.format 16 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.25,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Fauna edáfica na dinâmica sucessional da Mata Atlântica em floresta estacional semidecidual na bacia do rio Paraíba do Sul - RJ pt_BR
dc.title Soil fauna in successional dynamics of Atlantic Forest in semi-deciduous seasonal forest in the basin of river ‘Paraíba do Sul’, Rio de Janeiro state pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Ciencia Florestal_v25_n1_p91-106_2015.pdf 484.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account