Biblioteca Florestal
Digital

Cataia (Drimys brasiliensis Miers)

Show simple item record

dc.contributor.author Radomski, Maria Izabel
dc.contributor.author Weiser, Arthur Hermann
dc.contributor.author Zuffellato-Ribas, Katia Christina
dc.contributor.author Fonseca, Kleber Ribeiro
dc.contributor.author Carpanezzi, Antonio Aparecido
dc.date.accessioned 2015-06-17T18:51:55Z
dc.date.available 2015-06-17T18:51:55Z
dc.date.issued 2013-10
dc.identifier.citation RADOMSKI, M. I. et al. Cataia (Drimys brasiliensis Miers). Colombo: Embrapa Florestas, Documentos, n. 246. 2013. 40 p. pt_BR
dc.identifier.issn 1980-3958
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14214
dc.description Apresentação do conteúdo: 1 - Breve revisão sobre Drimys brasiliensis; 2 - Pesquisas em andamento; 3 - Resultados; 4 - Considerações finais; 5 - Considerações finais; 6 - Referências. pt_BR
dc.description.abstract Drimys brasiliensis, conhecida popularmente como cataia ou casca d’anta, é uma espécie nativa do Brasil, e sua distribuição está associada às regiões de ocorrência da Floresta Ombrófila Mista e da Floresta Ombrófila Densa. Sua importância relaciona-se principalmente ao uso medicinal. Levantamentos etnobotânicos e etnofarmacológicos realizados com populações tradicionais relatam seu uso no tratamento do escorbuto e da anemia, de cólicas intestinais e estomacais, de vômito e disenteria, além de ser estimulante, adstringente e febrífuga. Um dos usos medicinais mais citados é para o tratamento de afecções respiratórias em humanos e animais, e mais especificamente no tratamento de “garrotilho” em cavalos. Também é frequente o uso da casca como condimentar em substituição à pimenta-do-reino. Pesquisas recentes identificaram, em extratos da casca, substâncias analgésicas e com baixos efeitos colaterais. Como não existem plantios comerciais da cataia, e muito menos a recomendação de boas práticas de manejo, a extração de casca de árvores nativas ocorre de forma indiscriminada, comprometendo sua regeneração e a própria sobrevivência dos indivíduos explorados.O objetivo deste trabalho foi relatar observações de campo e pesquisas em andamento com D. brasiliensis realizadas na Embrapa Florestas, estimulando novos trabalhos que viabilizem na prática o potencial econômico, social e ambiental de uma das espécies mais primitivas da flora nativa brasileira. pt_BR
dc.format 40 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Embrapa Florestas pt_BR
dc.relation.ispartofseries Documentos;246
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Cataia (Drimys brasiliensis Miers) pt_BR
dc.type Boletim Técnico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Documentos_246.pdf 5.367Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account