Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação de Coffea arabica L. cultivado em sistema convencional e dentro de um fragmento florestal no sul do Espírito Santo

Show simple item record

dc.contributor.advisor Cunha, Gláucio de Mello
dc.contributor.author Tintori, Jéssica Lopes
dc.date.accessioned 2015-06-15T12:57:18Z
dc.date.available 2015-06-15T12:57:18Z
dc.date.issued 2014-07-18
dc.identifier.citation TINTORI, J. L. Avaliação de Coffea arabica L. cultivado em sistema convencional e dentro de um fragmento florestal no sul do Espírito Santo. 2014. 47 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal), Universidade Federal do Espírito Santo, Jerônimo Monteiro. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14145
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal do Espírito Santo pt_BR
dc.description.abstract O sombreamento em cafezais por meio dos sistemas agroflorestais (SAFs) pode proporcionar agregação de valor ao produto e contribuir para a conservação dos recursos naturais. O presente estudo teve como objetivo avaliar a implantação de um sistema agroflorestal com Coffea arabica L. em um fragmento florestal em estágio inicial de regeneração no sul do Espírito Santo. O experimento foi conduzido no delineamento inteiramente casualizado constituindo-se em quatro repetições para cada tratamento, o sistema agroflorestal e o convencional, os quais o café arábica foi implantado. As parcelas foram compostas por 19 plantas e destas, 10 plantas foram avaliadas obtendo-se o crescimento inicial do cafeeiro ao longo do tempo, por meio de medidas de altura da planta, diâmetro do caule, área foliar e matéria seca. Obteve-se também a primeira produção do café por meio da colheita de todas as plantas em cada parcela, as quais foram estimadas as produtividades. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância por meio do Software R 3.0. O sombreamento interferiu significativamente no desenvolvimento inicial do cafeeiro ao longo do tempo, assim como para a produtividade, exceto sobre a área foliar e o teor de matéria seca. Em contrapartida, o sistema de produção influenciou no desenvolvimento dos componentes arbóreos, os quais apresentaram diferenças entre as avaliações. Diante disso, conclui-se que o sombreamento reduziu o diâmetro das plantas de café a partir da quarta avalição até a última avaliação realizada, e também a produtividade, todavia, não houve diferenças na medida de área foliar e teor de matéria seca das plantas quando comparado com o cultivo a pleno sol. O manejo de café no remanescente florestal condicionou o desenvolvimento do diâmetro à altura do peito nos componentes arbóreos. pt_BR
dc.format 47 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal do Espírito Santo pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sistemas agroflorestais pt_BR
dc.title Avaliação de Coffea arabica L. cultivado em sistema convencional e dentro de um fragmento florestal no sul do Espírito Santo pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
2014_Avaliação- ... -sul-do-Espírito-Santo.pdf 1.606Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account