Biblioteca Florestal
Digital

Probabilidade de ocorrência de períodos secos e chuvosos na Bacia do Rio Dourados, MS

Show simple item record

dc.contributor.author Fietz, Carlos Ricardo
dc.contributor.author Urchei, Mário Artemio
dc.contributor.author Comunello, Éder
dc.date.accessioned 2015-06-11T17:09:47Z
dc.date.available 2015-06-11T17:09:47Z
dc.date.issued 2002-11
dc.identifier.citation FIETZ, C. R.; URCHEI, M. A.; COMUNELLO, E. Probabilidade de ocorrência de períodos secos e chuvosos na Bacia do Rio Dourados, MS. Dourados: Embrapa Agropecuária Oeste, Documentos, n. 49. 2002. 22 p. pt_BR
dc.identifier.issn 1679-043X
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14116
dc.description Apresentação do conteúdo: 1 - Introdução; 2 - Metodologia; 3 - Resultados; 4 - Referências bibliográficas. pt_BR
dc.description.abstract Situada no sul do Estado, a Bacia do Rio Dourados é uma das mais importantes de Mato Grosso do Sul. A área da bacia é de 10.080 km² , formada por 11 municípios, total ou parcialmente inseridos. A agropecuária, principal atividade econômica dessa unidade geográfica, é fortemente influenciada pela ocorrência de períodos secos e chuvosos, fenômenos que muitas vezes causam sérios prejuízos aos produtores. Previsões precisas sobre a ocorrência de períodos secos e chuvosos, principalmente a longo prazo, são ainda inviáveis. Por esse motivo, estimativas probabilísticas desses fenômenos têm grande utilidade, pois possibilitam que muitas atividades agrícolas, tais como semeadura e colheita, possam ser realizadas em épocas mais favoráveis, reduzindo assim os riscos e as perdas. Admitindo-se que a ocorrência de dias secos ou chuvosos está associada com as condições pluviométricas anteriores, pode-se utilizar o modelo probabilístico denominado cadeias de Markov (Maroulli & Sediyama, 1987). Gabriel & Neumann (1962) verificaram que as precipitações de Tel-Aviv (Israel) ajustaram-se a esse modelo probabilístico. Na Malásia, Robertson (1976) determinou as probabilidades de ocorrência de períodos secos e úmidos com base nesse modelo. Para a região de Dourados, Fietz et al. (1998) também determinaram a probabilidade de ocorrência de períodos secos e chuvosos utilizando cadeias de Markov. Considerando a influência que as condições climáticas exercem em muitas atividades agrícolas, realizou-se este trabalho, cujo objetivo foi determinar a probabilidade de ocorrência de períodos secos e chuvosos na Bacia do Rio Dourados. pt_BR
dc.format 22 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Embrapa Agropecuária Oeste pt_BR
dc.relation.ispartofseries Documentos;49
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Manejo de bacias hidrográficas pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente pt_BR
dc.title Probabilidade de ocorrência de períodos secos e chuvosos na Bacia do Rio Dourados, MS pt_BR
dc.type Boletim Técnico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Documentos_49.pdf 226.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account