Biblioteca Florestal
Digital

Agrobiodiversidade de quintais agroflorestais urbanos e perfil social de etnias indígenas em São Gabriel da Cachoeira, AM

Show simple item record

dc.contributor.advisor Macedo, Renato Luiz Grisi
dc.contributor.author Pinto, Ilzon Castro
dc.date.accessioned 2015-06-11T12:05:56Z
dc.date.available 2015-06-11T12:05:56Z
dc.date.issued 2012-11-30
dc.identifier.citation PINTO, I. C. Agrobiodiversidade de quintais agroflorestais urbanos e perfil social de etnias indígenas em São Gabriel da Cachoeira, AM. 2012. 196 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2012. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/14103
dc.description Tese de Doutorado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract Os quintais agroflorestais podem possuir sustentabilidade ecológica e biológica, juntamente com o alto grau de aceitabilidade social, devido à sua produção diversificada, à redução dos riscos de perda da produção, ao aumento da eficiência de mão de obra, à produção contínua reduzindo as perdas de pós- colheita, à boa reciclagem de nutrientes e àredução da erosão em função da boa cobertura do solo. Este trabalho foi realizado com objetivode compreender a funcionalidade e a estrutura da agrobiodiversidade de quintais agroflorestais urbanos (QAU) de etnias indígenas em bairros da cidade de São Gabriel da Cachoeira (AM), bem como, caracterizar o perfil social dos seus mantenedores. Este trabalho está estruturado em quatro capítulos. O objetivo do primeiro capítulo foi a indrodução geral do trabalho. O objetivo do segundo capítulo foi analisara florística de 55 quintais agroflorestais urbanos de nove etnias indígenas em seis bairros da sede do município de São Gabriel da Cachoeira, onde constatou-se que a maioria dos quintais das etnias estudadas são similares, destacando-se os das etnias Baniwa – Tariana e Tukano - Baré com 72% e 70% respectivamente. O objetivo do terceiro capítulo foi analisar a estrutura fitossociológica dos 55 quintais agroflorestais urbanos amostrados em propriedades pertencentes àsetnias indígenas Baré, Tukano, Desana, Tuyuka, Baniwa, Pira-tapuya, Tariana, Wanana e Siriano, onde o açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) obteve sempre os maiores valores de importância (VI) entre as demais espécies presentes nos quintais das etnias estudadas. O objetivo do quarto capítulo foi a caracterização do perfil social dos mantenedores dos quintais agroflorestais urbanos nos bairros Dabaru, Areal, Nova Esperança, Boa Esperança, Fortaleza e Thiago Montalvo, onde foram aplicados formulárioscom perguntas abertas e semiestruturadas durante as entrevistas com os responsáveis pelos quintais agroflorestais urbanos. Ficou constatado que 52% das mudas utilizadas na propagação das espécies pelos mantenedores nos quintais são provenientes de seuspróprios sítios, e a maior fonte de renda provém do trabalho assalariado com 46%, seguido pela agricultura com 24%. pt_BR
dc.description.abstract The homegardens may possess biological and ecological sustainability, along with the high degree of social acceptability due to its diversified production to reduced risk of production losses, increased efficiency of labor, the continuous production reducing losses post-harvest, good nutrient recycling and erosion reduction in function to the good ground cover. This work was carried out with the objective to understand the functionality and agrobiodiversity structure in urban homegardens (UH) of indigenous ethnicity in neighborhoods of São Gabriel da Cachoeira (AM), city, as well to characterize the social profile of their maintainers. This paper is structured in four chapters. The objective of the first chapter was the general introduction of the work. The objective of the second chapter was analyzed 55 urban homegardens floristic of nine indigenous ethnicity in six districts of the Sao Gabriel da Cachoeira, where it was found that most of homegardens ethnicity studied are similar, especially those Baniwa - Tariana and Tukano - Baré with 72% and 70% respectively. The objective of the third chapter was to analyze the phytosociological structure of 55 urban homegardens sampled in properties belonging to indigenous ethnicities Baré, Tukano, Desana, Tuyuka, Baniwa, Pira-tapuya, Tariana, Wanana and Siriano, where açaí tree (Euterpe oleracea Mart.) always got the highest value of importance among to others species present in the homegardens of the studied ethnicity. The objective of the fourth chapter was the social profile characterization of the urban homegardens maintainers in the neighborhoods Dabaru, Areal, Nova Esperança, Boa Esperança, Fortaleza and Thiago Montalvo, where applying forms with open and semi-structured questions during interviews with those responsible for urban homegardens. It was found that 52% of seedlings used in the species propagation by the maintainers of urban homegardens are from their own places, and the largest income source comes from employment with 46%, followed by agriculture with 24%. pt_BR
dc.format 196 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sistemas agroflorestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.title Agrobiodiversidade de quintais agroflorestais urbanos e perfil social de etnias indígenas em São Gabriel da Cachoeira, AM pt_BR
dc.type Tese pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Tese_Ilzon-Castro-Pinto.pdf 2.495Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account