Biblioteca Florestal
Digital

Produção de mudas de Khaya ivorensis A. Chev em diferentes dimensões de sacos plásticos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Melo, Lucas Amaral de
dc.contributor.author Alves, Taiana Menezes Scheiner
dc.date.accessioned 2015-05-29T14:49:20Z
dc.date.available 2015-05-29T14:49:20Z
dc.date.issued 2013-04-16
dc.identifier.citation ALVES, T. M. S. Produção de mudas de Khaya ivorensis A. Chev em diferentes dimensões de sacos plásticos. 2013. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica. 2013. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13964
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido no Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho teve como objetivo verificar o crescimento de mudas de Khaya ivorensis A. Chev. (mogno africano) produzidas em diferentes dimensões de sacos plásticos: 10 x 20 cm (630 cm 3 ), 12 x 12 cm (550 cm 3 ), 14 x 20 cm (1.247 cm 3 ), 20 x 20 cm (2.546 cm 3 ), 20 x 25 cm(3.183 cm 3 ). Foram realizadas avaliações no período de 20 em 20 diasda altura da parte aérea (H) e diâmetro do coleto (DC) até os 210 dias após a repicagem, época de expedição das mudas para o campo.Nesta última medição, também foram determinadosa matéria seca da parte aérea, a matéria seca do sistema radicular, obtidas a relação entre a matéria seca do sistema radicular e a matéria seca da parte aérea, a relação entre a altura da parte aérea e o diâmetro do coleto e o índice de qualidade de Dickson. Constatou-se que as mudas de mogno africano apresentaram diferenças significativas de crescimento, em função dos diferentes sacos plásticos utilizados. Os tratamentos que apresentaram mudas com as melhores dimensões foram: T5 (20 X 25 cm); T4 (20 X 20 cm); T3 (14 X 20 cm). Enquanto os tratamentos T2 (12 X 12 cm) e T1 (10 X 20 cm) apresentaram resultados inferiores com relação ao crescimento das mudas. Mesmo que o tratamento 5 (20 x 25 cm) tenha apresentado mudas com maiores dimensões, o tratamento 3 (14 x 20 cm), pode ser recomendado para o processo de produção, devido ao bom crescimento proporcionado às mudas de mogno africano. Este tratamento apresentou valores, para os parâmetros morfológicos analisados, acima do mínimo recomendado para esta espécie. Além disso, este saco plástico utiliza menos insumos e ocupa menos espaço no viveiro em relação a recipientes de maiores dimensões, reduzindo o custo de produção. pt_BR
dc.description.abstract This study aimed to verify the quality of seedlings of Khaya ivorensis A. Chev. (African mahogany) produced in plastic bags different dimensions 10 x 20 cm (630 cm3), 12 x 12 cm (550 cm3), 14 x 20 cm (1247 cm3), 20 x 20 cm (2546 cm3) x 20 25 cm (3183 cm3). Evaluations consisted of monthly assessments of shoot height (H) and diameter (DC) until 210 days after the transplant, then dispatch the seedlings to the field. In the latter measurement, were also evaluated to shoot dry matter, the dry root, obtained the relationship between the dry root and shoot dry matter, the relationship between shoot height and stem diameter and Dickson quality index. It was found that the African mahogany seedlings exhibited significant differences in growth and quality, depending on the different plastic bags used. The treatments showed that seedlings with the best dimensions were: T5 (20 X 25 cm) and T4 (20 X 20 cm), T3 (14 X 20 cm). While the treatments T2 (12 X 12 cm) and T1 (10 X 20 cm) had the worst results with respect to seedling growth. Even if five treatment (20 x 25 cm) has made larger seedlings, treatment 3 (14 x 20 cm), can be recommended to the production process due to the good seedling growth commensurate with the African mahogany. This treatment showed values for the morphological parameters analyzed above the recommended minimum. Furthermore, this container uses fewer inputs and occupies less space in the nursery containers relative to larger, reducing the production cost. pt_BR
dc.format 21 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Produção de mudas de Khaya ivorensis A. Chev em diferentes dimensões de sacos plásticos pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
2012_2_Taiana-Menezes-Scheiner-Alves.pdf 649.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account