Biblioteca Florestal
Digital

A floresta inundável do norte de Minas Gerais: relações florísticas e estrutura de comunidades arbustivo-arbóreas

Show simple item record

dc.contributor.advisor Santos, Rubens Manoel dos
dc.contributor.author Gaya, Thomaz Renato Lage Montebello
dc.date.accessioned 2015-05-21T14:24:56Z
dc.date.available 2015-05-21T14:24:56Z
dc.date.issued 2014-02-19
dc.identifier.citation GAYA, T. R. L. M. A floresta inundável do norte de Minas Gerais: relações florísticas e estrutura de comunidades arbustivo-arbóreas. 2014. 225 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13832
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract Para responder questões a cerca da identidade florística e da estrutura comunitária de comunidades arbustivo-arbóreas de florestas inundáveis objetivou neste estudo analisar a influência das províncias fitogeográficas, bem como dos fatores edáficos e regime de inundação nos padrões de abundância e distribuição da flora arbustivo-arbórea. Também buscou a comparação da estrutura comunitária desta floresta com outras florestas semelhantes, em termos florísticos e estruturais. A distribuição das espécies observada no Diagrama de Venn revelou que a província Atlântica, com 34% e do Cerrado com, 29% foram as que de apresentaram maior compartilhamento de espécies. Por outro lado, a província Amazônica, com 25% e da Caatinga, com 13% demostram menor grau de influência na flora arbórea. A análise de correspondência produziu autovalores elevados para o primeiro eixo (0,694) e para o segundo eixo (0,551). As 49 localidades formaram agrupamentos coesos de acordo com a delimitação das províncias fitogeográficas. Entretando, na análise de agrupamento, a floresta inundável demostrou baixa similaridade florística com as florestas ribeirinhas do Brasl Central, mas constituiu um grupo florístico com as florestas alojadas no inteiror de veredas do norte de Minas Gerais. A distribuição de espécies esta fortemente correlacionada ao regime de drenagem do solo. Na análise espécie- ambiente, não houve influência de propriedades químicas e granulométricas na distribuição de indivíduos na floresta de Buritizeiro. Contudo revelou que a comunidade arbustivo-arbórea caracterizada por um mosaico florestal. Quando comparada as florestas inundáveis, estas revalaram níveis intermediários de similarida florística e seus parâmetros estruturais diferiram significativamente. pt_BR
dc.description.abstract To answer questions about the floristic identity and community structure of woody communities of swanpy forests this study aimed to analyze the influence of phytogeographic provinces as well as soil factors and flooding regime in the patterns of abundance and distribution of shrub and tree flora. Also compare the community structure of forest with other similar forests, in floristic and structural terms. The distribution of species observed in the Venn diagram revealed that the Atlantic province with 34% and the Cerrado, 29% of which were presented greater sharing of species. On the other hand, the Amazon province, with 25% and Caatinga, with 13% demonstrate a lesser degree of influence in the tree flora. The analysis produced the highest eigenvalues correspond to the first axis (0,694) and the second axis (0,551). The 49 localities formed cohesive groups according to the definition of phytogeographical provinces. However, in cluster analysis the swanpy forest demonstrated low floristic similarity with riverine forests of Central Brasl but formed a floristic group with forests within palm swanp communities in the north of Minas Gerais. The distribution of species is strongly correlated to soil drainage scheme. In species-environment analysis there was no influence of chemical and physical properties on distribution of individuals in the forest Buritizeiro. However revealed that shrub and tree community characterized by a forest mosaic. Compared the swanpy forests these revealed intermediate levels of floristic similarity and its structural parameters differed significantly. pt_BR
dc.format 225 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.title A floresta inundável do norte de Minas Gerais: relações florísticas e estrutura de comunidades arbustivo-arbóreas pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Thomaz Renato Lage Montebello Gaya.pdf 2.710Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account