Biblioteca Florestal
Digital

Efeito de taxas de secagem na tolerância à dessecação e o armazenamento de sementes de Genipa americana L.

Show simple item record

dc.contributor.advisor José, Anderson Cleiton
dc.contributor.author Magistrali, Paulo Roberto
dc.date.accessioned 2015-05-20T14:33:54Z
dc.date.available 2015-05-20T14:33:54Z
dc.date.issued 2013-02-25
dc.identifier.citation MAGISTRALI, P. R. Efeito de taxas de secagem na tolerância à dessecação e o armazenamento de sementes de Genipa americana L. 2013. 91 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2013. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13809
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract Sementes recém-colhidas de Genipa americana apresentam um alto percentual de germinação, contudo, ao serem submetidas à dessecação exibem a perda de viabilidade. Além disso, quando armazenadas em temperaturas sub- zero apresentam curta longevidade. Dados atuais referentes à tecnologia de sementes desta espécie são extremante escassos principalmente quando referem- se ao comportamento fisiológico das sementes secas e armazenadas. Desta forma, com este trabalho buscou-se elucidar aspectos fisiológicos ligados à tolerância à dessecação e ao armazenamento das sementes de Genipa americana. Os objetivos com esta pesquisa foram: 1) avaliar o efeito da perda de umidade por meio de duas taxas de secagem nas características morfofisiológicas das sementes de Genipa americana e 2) verificar a capacidade de tolerância à dessecação e ao armazenamento das sementes de Genipa americana submetidas à secagem lenta em dois conteúdos de água. Para o objetivo 1 observou-se que sementes de jenipapo secas rapidamente apresentaram perda de viabilidade e danos celulares mais acentuados do que as que foram secas lentamente para o mesmo conteúdo de água. Desta forma, a utilização de secagem lenta pode ser recomendada para as sementes desta espécie. Para o objetivo 2 observou-se um elevado percentual de germinação e de plântulas normais para sementes não armazenadas e secas até 10%. Sementes secas até 10 e 5% de umidade tenderam a redução a viabilidade após um mês de armazenamento. A produção de plântulas normais também foi afetada, contudo, a maior tendência de perda de qualidade fisiológica foi observa para sementes secas a 5% de umidade. Após três meses de armazenamento em ambos os teores de umidade foi observada a redução na germinação indicando que a espécie apresenta sensibilidade a temperaturas abaixo de zero. O comportamento fisiológico observado durante a dessecação e o armazenamento serve para comprovar que as sementes de G. americana pertencem ao grupo de sementes intermediárias. pt_BR
dc.description.abstract Recently harvested Genipa americana seeds present a high percentage of germination. However, when submitted to desiccation, they exhibit loss of viability. In addition, when stored at temperatures below zero, they present short longevity. Current data regarding seed technology for this species are extremely scarce, especially when referring to the physiological behavior of dried and stored seeds. Thus, this work aimed at elucidating the physiological aspects linked to desiccation and storage tolerance of Genipa americana seeds. The objectives of this research were: 1) evaluate the effect of humidity loss through two drying rates in the morphophysiological characteristics of Genipa americana seeds and 2) verify the capacity for desiccation and storage of Genipa americana seeds submitted to slow drying in two water contents. For objective 1, we observed that the jenipapo seeds that were quickly dried presented loss of viability and more accentuated cellular damage than those that were slowly dried, in the same water content. Thus, the use of slow drying may be recommended for the seeds of this species. For objective 2, we observed an elevated percentage of germination and normal seedlings for non-stored seeds that were dried up to 10%. The seeds dried up to 10 and 5% of humidity tended to reduce viability after one month of storage. The production of normal seedlings was also affected. However, the larger tendency for physiological quality loss was observed for seeds dried to 5% of humidity. We observed the reduction in germination after three months of storage at both humidity rates, indicating that the species presents sensibility to temperatures below zero. The physiological behavior observed during desiccation and storage serves to prove that G. americana seeds belongs to the group of intermediate seeds. pt_BR
dc.format 91 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sementes florestais pt_BR
dc.title Efeito de taxas de secagem na tolerância à dessecação e o armazenamento de sementes de Genipa americana L. pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Paulo Roberto Magistrali.pdf 1.453Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account