Biblioteca Florestal
Digital

Citogenética de acessos de pimenta longa (Piper spp.)

Show simple item record

dc.contributor.advisor Torres, Giovana Augusta
dc.contributor.author Nunes, Juliane Dornellas
dc.date.accessioned 2015-05-20T12:13:12Z
dc.date.available 2015-05-20T12:13:12Z
dc.date.issued 2004-03-04
dc.identifier.citation NUNES, J. D. Citogenética de acessos de pimenta longa (Piper spp.). 2004. 30 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2004. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13794
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract Estudos citogenéticos de espécies nativas, por meio de caracterização numérica e morfológica dos cromossomos, apresentam-se como importante ferramenta para a elucidação de fatos relacionados à classificação taxonômica, processo evolutivo e geração de subsídios para futuros programas de melhoramento genético. As espécies Piper hispidinervum, P. aduncum e P. hispidum, da Amazônia brasileira, apresentam características, como teor de safrol e presença de substâncias fungicidas e bactericidas de interesse para a indústria química e farmacêutica. Este trabalho teve como objetivo descrever o cariótipo dessas espécies. Foram avaliados cinco acessos de P. hispidinervum, dois de P. aduncum e um de P. hispidum, pertencentes à Coleção de Trabalho da Embrapa Acre. As análises citogenéticas mitóticas foram realizadas por meio do método de esmagamento e coloração com Feulgen ou solução de Giemsa 5%. Obteve-se o número cromossômico 2n = 24 para os acessos das três espécies. Para cada um dos acessos foram apresentadas as descrições do complemento cromossômico e idiogramas. O tamanho dos cromossomos foi em torno de 0,98 μm para o maior par e 0,42 μm para o menor par. Por meio dos valores de relação de braços foi possível classificar os cariótipos das três espécies na categoria 4b, segundo a classificação de Sttebbins (1958), com a presença de cromossomos metacêntricos. Houve diferença significativa entre o comprimento total do lote haplóide das espécies. pt_BR
dc.description.abstract Karyotypic analisys of native species is an important tool to elucidate taxonomic classification, evolutionary process and also to contribute to future breeding programs. Piper hispidinervum, Piper aduncum and Piper hispidum, from brazilian Amazon, present levels of safrole, and anti fungus substances that make than important for chemical and pharmaceutical industries. The purposes of this study were to obtain chromosome numbers of these species and to describe the morphology of their chromosomes. Five accesses of Piper hispidinervum, two of Piper aduncum and one of Piper hispidum, from Work Collection of Embrapa Acre, were evaluated. Mitotic analyses were performed through squashing technique with Feulgen or Giemsa 5% staining. All accesses presented 2n = 24 chromosomes. Idiograms and chromossomic descriptions for every access were obtained. Chromosome size was 0.98 μm to the largest pair and 0.42 μm to the shortest pair, all of them showed metacentric morphology. Through the arm length ratio it was possible to classify the karyotypes from all species as 4b category, according to Sttebins (1958). Significant differences for total chromosome length of the haploid set were observed for the three species. pt_BR
dc.format 30 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.title Citogenética de acessos de pimenta longa (Piper spp.) pt_BR
dc.title Cytogenetics of long pepper (Piper spp.) accesses pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Juliane Dornellas Nunes .pdf 550.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account