Biblioteca Florestal
Digital

Análise participativa da efetividade do Parque Estadual do Ibitipoca

Show simple item record

dc.contributor.advisor Fontes, Marco Aurélio Leite
dc.contributor.author Jeannot, Katya Kavuya
dc.date.accessioned 2015-05-19T18:33:49Z
dc.date.available 2015-05-19T18:33:49Z
dc.date.issued 2013-03-25
dc.identifier.citation JEANNOT, K. K. Análise participativa da efetividade do Parque Estadual do Ibitipoca. 2013. 79 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2013. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13789
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract A análise da efetividade da gestão nas unidades de conservação é um passo importante, já que ela determina os pontos fracos e fortes para que essa gestão seja realmente efetiva. A questão da eficácia da gestão em unidades de conservação centra-se em saber se as políticas de gestão nestas unidades de conservação são adequadas à seu objetivo da sua criação que é a conservação da biodiversidade. Nesta busca da efetividade da gestão em unidades de conservação, é necessário saber o grau em que os moradores locais devem ser envolvidos nos processos de tomada de decisão e responsabilidades de gestão para evitar quaisquer conflitos que podem dificultar a alcance da efetividade e da gestão. Neste sentido, com o presente estudo objetivou-se, de maneira participativa, analisar a efetividade da gestão do Parque Estadual do Ibitipoca, abrangendo os municípios de Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca, entre as coordenadas geográficas 21°40’-21°44’S e 43°52’-43°55’W, no sudeste de Minas Gerais, Brasil. A efetividade da gestão do parque foi avaliada à partir dos quatro módulos da efetividade da gestão de acordo com o método de avaliação rápida e de priorização da efetividade da gestão (planejamento da gestão, insumos da gestão, processos da gestão e os resultados da gestão). Este estudo obteve como resultado um nível de 54% de efetividade da gestão, que representa um nível mediamente satisfatório. Os elementos de avaliação que fortaleceram a efetividade do Parque Estadual do Ibitipoca foram o alcance dos objetivos da gestão do Parque (76%), o nível das pesquisas no Parque, avaliação dos resultados da gestão, de monitoramento dos processos da gestão (77%) e o nível dos resultados da gestão (65%). Já os elementos de avaliação da efetividade da gestão que mais enfraqueceram o nível da efetividade do Parque foram os recursos humanos (36%), recursos financeiros (27%) e o processo de tomada de decisão (23%). Destacaram-se, como desafios, a necessidade de investimentos em recursos humanos, a inadequação de recursos financeiros (com baixo repasse do estado e pouca autonomia) e o processo de tomada de decisão (de baixo caráter articiativo); e, como oportunidades, o alcance de objetivos, a pesquisa, a fiscalização e monitoramento dos resultados da gestão. pt_BR
dc.description.abstract The effectiveness analysis of conservation unit management is an important step, since it determines the strong and weak points in order for the management to be actually effective. The issue of the management efficiency of the conservation units is centered in knowing if the management politics in these conservation units are adequate to objective of its creation, which is the conservation of biodiversity. In this search for management effectiveness of the conservation units, it is necessary to know the degree in which the local inhabitants must be involved in the decision making process and management responsibilities in order to avoid any conflicts which may make management effectiveness difficult. In this sense, the objective of this study was to, in a participatory manner, analyze the management effectiveness of the Parque Estadual do Ibitipoca, encompassing the municipalities of Lima Duarte and Santa Rita do Ibitipoca, between the geographical coordinates of 21 o40’-21o44’S and 43o52’-43o55’W, in Southeastern Minas Gerais, Brazil. The management effectiveness of the park was evaluated based on the four modules of management effectiveness according to the rapid assessment and prioritization of protected area management method (management planning, management inputs, management processes and management results). This study obtained as result a level of 54% of management effectiveness, which represents an averagely satisfactory level. The elements of the evaluation which strengthen the effectiveness of the Parque Estadual do Ibitipoca were the reach of the park’s management (76%), the level of research in the park, the evaluation of the management results, the monitoring of the management processes (77%) and the level of management results (65%). The elements of the management effectiveness which most weakened the park’s level of effectiveness were the human resources (36%), financial resources (27%) and the decision making process (23%). We highlighted, as challenges, the need for investments in human resources, the inadequacy in financial resources (with low State re- payment and little autonomy) and the decision making process (of low participatory character); and, as opportunities, meeting the objectives, research, supervision and monitoring of the management results. pt_BR
dc.format 79 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Administração e gestão florestal pt_BR
dc.title Análise participativa da efetividade do Parque Estadual do Ibitipoca pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Katya Kavuya Jeannot.pdf 610.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account