Biblioteca Florestal
Digital

Diversidade β (Beta) em Florestas Tropicais Sazonalmente Secas: relações florísticas entre gradientes fisionômicos e entre microambientes

Show simple item record

dc.contributor.advisor Santos, Rubens Manoel dos
dc.contributor.author Apgaua, Deborah Mattos Guimarães
dc.date.accessioned 2015-05-18T19:22:45Z
dc.date.available 2015-05-18T19:22:45Z
dc.date.issued 2012-02-28
dc.identifier.citation APGAUA, D. M. G. Diversidade β (Beta) em Florestas Tropicais Sazonalmente Secas: relações florísticas entre gradientes fisionômicos e entre microambientes. 2012. 152 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2012. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13762
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract A região do norte de Minas Gerais e Sudoeste da Bahia não é, na maioria das vezes, incluída nas áreas prioritárias de conservação no país. Porém, ao contrário do que se pensou por muitos anos, esta região detém grande riqueza biológica distribuída em uma ampla área geográfica que se estende ao longo do domínio da Caatinga e regiões ecotonais. Encontrada em locais de grande heterogeneidade ambiental, as Florestas Tropicais Sazonalmente Secas (FTSS) possuem uma alta Diversidade (β) Beta, porém pouco estudada, compreendida e valorizada. Com o presente trabalho a compreensão científica em torno das FTSS ganha novos elementos, voltados para variações microambientais das FTSS. As abordagens predominantes no estudo deste bioma se focam em uma escala mais ampla e buscam compreender o histórico fitogeográfico, muito complexo, destas formações. Assim, a face microambiental pode complementar abordagens já contempladas aumentando o conhecimento entorno das conexões florísticas das FTSS e auxiliando em elucidações que favoreçam seu sistema de classificação. O presente trabalho: DIVERSIDADE β (BETA) EM FLORESTAS TROPICAIS SAZONALMENTE SECAS: relações florísticas entre gradientes fisionômicos e entre microambientes; é motivado pela lacuna científica existente entorno da heterogeneidade ambiental influenciando a variabilidade florística nas FTSS. Procura-se com os resultados obtidos opinar nas estratégias de conservação deste bioma de forma a otimizar a conservação de sua diversidade biológica, historicamente muito ameaçada. O trabalho é dividido em duas partes. A primeira é constituída da introdução geral, revisão de Literatura e Considerações gerais; a segunda parte consiste na apresentação de dois artigos científicos a serem submetidos aos periódicos da área de estudo. O primeiro artigo intitulado Conexões Florísticas entre diferentes fisionomias de Florestas Tropicais Sazonalmente Secas no Norte de Minas Gerais e Sudoeste da Bahia, Brasil, busca compreender como ocorre à substituição de espécies arbóreas e estabelecer conexão florísticas entre 17 microambientes, estudados em FTSS, que possuem diferentes fisionomias, e entre as seis áreas de estudo: Bonito de Minas, Peruaçu, Montalvânia, Iuiú, Guanambi e Caetité. No segundo artigo Diversidade Beta em áreas de Florestas Tropicais Sazonalmente Secas (FTSS): diferenças entre índices e suas aplicações para a conservação, buscou-se medir a heterogeneidade ambiental das seis áreas de estudo e de cinco grupos formados através das conexões florísticas dos 17 microambientes estudados, através de alguns índices existentes de Diversidade Beta. Por haver discussões científicas a respeito de qual o melhor índice e como utilizá-lo, cinco índices foram testados. pt_BR
dc.format 152 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Diversidade β (Beta) em Florestas Tropicais Sazonalmente Secas: relações florísticas entre gradientes fisionômicos e entre microambientes pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Deborah Mattos Guimaraes Apgaua.pdf 1.662Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account