Biblioteca Florestal
Digital

Resíduos de bambu (Bambusa vulgaris Schard.) para produção de carvão ativado

Show simple item record

dc.contributor.advisor Trugilho, Paulo Fernando
dc.contributor.author Santana, Gregório Mateus
dc.date.accessioned 2015-05-18T18:23:58Z
dc.date.available 2015-05-18T18:23:58Z
dc.date.issued 2014-02-18
dc.identifier.citation SANTANA, G. M. Resíduos de bambu (Bambusa vulgaris Schard.) para produção de carvão ativado. 2014. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13753
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract Resíduos de Bambu (Bambusa vulgaris Schard.) foram utilizados como material precursor na preparação de vários tipos de carvão ativados. Para o preparo dos carvões ativados – CAs foram aplicadas dois tipos de ativações: 1) ativação física com dióxido de carbono (CO 2 ) e vapor- d’água (H 2 O); e 2) ativação química, com um sal (cloreto de zinco - ZnCl 2 ), um ácido (ácido fosfórico - H 3 PO 4 ) e uma base (hidróxido de sódio - NaOH). Os carvões ativados obtidos foram caracterizados por análise elementar (CHNS), microscopia eletrônica de varredura (MEV), método titulométrico de Boehm (BOEHM) e área superficial por azul de metileno (S AM ). Os materiais foram testados quanto à capacidade de adsorção de contaminantes do meio ambiente: azul de metileno, fenol, íon Cr +6 . Todos os carvões ativados obtidos apresentaram alto rendimento e os materiais obtidos por ativação química obtiveram maior rendimento que os ativados fisicamente. Pela análise elementar, verificou-se, após a pirólise e a ativação do resíduo de bambu, aumento dos teores de carbono e diminuição dos teores de oxigênio e hidrogênio. As micrografias mostraram que as morfologias dos carvões produzidos são diferentes entre si e variaram de acordo com o tipo de impregnação utilizada, do material precursor, carvão vegetal e carvão ativado comercial. Pelo método titulométrico de Boehm, verificou-se que os materiais ativados fisicamente apresentam menor acidez total que os ativados quimicamente, e que a ativação química elevou-se a quantidade de grupos carboxílicos. Os vários carvões ativados produzidos demonstraram como bons adsorventes dos contaminantes testados. O CA ZnCl 2 e CA H 2 O foram os mais eficientes na adsorção do azul de metileno. O CA ZnCl 2 , CA CO 2 , CA H 2 O e o CA H 3 PO 4 foram os melhores adsorventes para o fenol, enquanto apenas o CA ZnCl 2 , CA H 3 PO 4 e CA comercial adsorveram o cromo hexavalente - Cr +6 . O CA ZnCl 2 foi o que apresentou maior área superficial (1319,16 m 2 g -1 ). Os carvões ativados produzidos apresentaram resultados iguais ou superiores ao carvão ativado comercial. pt_BR
dc.description.abstract Bamboo waste (Bambusa vulgaris Schard.) were used as a precursor material in the preparation of various types of activated charcoal. For the preparation of activated charcoal (ACs) two types of activations were applied: 1) a physical activation with carbon dioxide (CO 2 ) and water vapor (H 2 O); and 2) chemical activation with a salt (zinc chloride - ZnCl 2 ), an acid (phosphoric acid - H 3 PO 4 ) and a base (sodium hydroxide - NaOH). The activated charcoals obtained were characterized by elemental analysis (CHNS), scanning electron microscopy (SEM), Boehm titration method (BOEHM) and surface area per methylene blue (S AM ). The materials were tested for their ability to adsorb contaminants of the environment: methylene blue, phenol and ion Cr +6 . All activated charcoal showed high yield and the material obtained by chemical activation had higher income that enabled them physically. By elemental analysis, it was found, after pyrolysis and activation of the bamboo residue increased of carbon levels and decrease of oxygen levels and hydrogen. The micrographs showed that the morphology of charcoal produced are different between them and varied according to the impregnation type used, the precursor material, charcoal and commercial activated charcoal. By the Boehm titration method is noted that materials activated physically have a lower total acidity of the chemically activated and that the chemical activation increased the amount of carboxylic groups. The various activated charcoal produced demonstrated how good adsorbents of contaminants tested. The CA ZnCl 2 and CA H 2 O were the most efficient in the adsorption of methylene blue. The CA ZnCl 2 , CA CO 2 , CA H 2 O and CA H 3 PO 4 were the best adsorbent for phenol, while only the CA ZnCl 2 , CA H 3 PO 4 and CA commercial adsorbed the hexavalent chromium - Cr +6 . The CA ZnCl 2 was the only one that exhibited the largest surface area (1319.16 m 2 g -1 ). The activated charcoal produced showed results equal or higher than the commercial activated charcoal. pt_BR
dc.format 72 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia de produtos florestais não madeireiros pt_BR
dc.title Resíduos de bambu (Bambusa vulgaris Schard.) para produção de carvão ativado pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Gregorio Mateus Santana.pdf 6.973Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account