Biblioteca Florestal
Digital

Desempenho de ácaros predadores sob diferentes fontes de alimento em pinhão-manso

Show simple item record

dc.contributor.advisor Pallini, Angelo
dc.contributor.author Ferreira, Vinícius Alves
dc.date.accessioned 2015-05-07T13:46:59Z
dc.date.available 2015-05-07T13:46:59Z
dc.date.issued 2011-02-22
dc.identifier.citation FERREIRA, V. A. Desempenho de ácaros predadores sob diferentes fontes de alimento em pinhão-manso. 2011. 47 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2011. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13635
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O pinhão-manso é uma espécie rústica promissora na produção de sementes para extração de biodiesel. No estado do Tocantins, vem sendo cultivado em assentamentos rurais juntamente com milho, mandioca, abóbora, além da presença de plantas espontâneas. Esse cultivo abriga um grande número de pragas, sendo consideradas as principais os ácaros fitófagos Tetranychus bastosi e Polyphagotarsonemus latus. Associados a essas pragas, estão os ácaros predadores Euseius concordis e Iphiseiodes zuluagai (Phytoseiidae). Para aumentar a eficiência dos predadores no controle das pragas é importante avaliar o efeito das dietas mistas. Dietas mistas podem ser compostas por espécies de presas ou até mesmo pela adição de alimento alternativo como pólen, no caso de ácaros predadores da família citada. No primeiro capítulo dessa dissertação foi avaliado o efeito das dietas compostas por T. bastosi e P. latus no desempenho dos predadores I. zuluagai e E. concordis. A predação em dieta mista contendo as duas espécies de presas não resultou em incrementos nas taxas de predação, porém maior média de ovos depositados foi encontrada nesse tratamento para ambos predadores. Sugerindo que a dieta mista é mais nutritiva para os predadores, sendo necessário um menor número de presas para alcançar maiores taxas de oviposição. Quando testado separadamente o efeito da mistura dos estádios de T. bastosi., observou-se que E. concordis apresenta baixa taxas de predação e oviposição. Indicando que o bom desempenho obtido no experimento anterior deve-se à mistura das duas espécies de presa e não da presença de diferentes estádios de uma mesma espécie. No segundo capítulo foram selecionadas plantas provedoras de alimento alternativo para os ácaros predadores. Foi avaliado o desempenho dos predadores em pólen provenientes das plantas consorciadas com pinhão-manso. Não foi verificado efeito das diferentes espécies de pólen na taxa de oviposição do predador I. zuluagai e E. concordis. A maior sobrevivências foram registradas no tratamento com pólen de milho para I. zuluagai. E para E. concordis as maiores sobrevivência foram encontradas em pólen de miho e Peltaea sp. Desse modo, o cultivo de milho e presença de plantas espontâneas como Peltaea sp. podem ser importantes para a manutenção dos predadores em campo na ausência de presas. pt_BR
dc.description.abstract Jatropha curcas (physic nut) is a promising plant for extraction of biodiesel. In the state of Tocantins the physic nut has been cultivated in rural settlements with maize, cassava, pumpkin, and the presence of weeds. This crop is attached by a large number of pests. The key pests in this crop system are Tetranychus bastosi and Polyphagotarsonemus latus. Predatory mites Iphsiseiodes zuluagai and Euseius concordis are associated with these pests. To increase the efficiency of predators in pest control is important to assess the effect of mixed diets. Mixed diets may consist of different prey species or even the addition of alternative food such as pollen, in the case of predatory mites. In the first chapter the effect of diets composed of T. bastosi and P. latus in the performance of predators I. zuluagai and E. concordis was evaluated. A mixed diet did not result in increases in predation rates, but higher average number of eggs deposited was found in this treatment for both predators. Suggesting that the mixed diet is more nutritious for predators, requiring a smaller number of prey to achieve higher oviposition. When was tested separately the effect of the stages mixture of T. bastosi, it was observed that E. concordis has low rates of predation and oviposition. Indicating that the good performance achieved in the previous experiment is due to the mixing of two species of prey and not the presence of different stages of the same species. In the second chapter was evaluated the performance of predators on pollen from plants intercropped with physic nut crops. There was no effect on oviposition rates of the I. zuluagai and E. concordis when they fed different species of pollen. The highest survival rate was recorded in treatment with corn pollen to I. zuluagai. And the highest survival rate was found when in E. concordis fed on corn and Peltaea sp. pollen. pt_BR
dc.format 47 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Proteção florestal: pragas e doenças pt_BR
dc.title Desempenho de ácaros predadores sob diferentes fontes de alimento em pinhão-manso pt_BR
dc.title Perfomace of predatory mites on different sources of food in physic nut pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Vinicius-Alves-Ferreira.pdf 551.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account