Biblioteca Florestal
Digital

Estrutura e dinâmica da erva-de-passarinho Psittacanthus robustus Mart. em manchas de habitat em três áreas de cerrado

Show simple item record

dc.contributor.advisor Berg, Eduardo van den
dc.contributor.author Teodoro, Grazielle Sales
dc.date.accessioned 2015-04-24T19:45:25Z
dc.date.available 2015-04-24T19:45:25Z
dc.date.issued 2010-02-19
dc.identifier.citation TEODORO, G. S. Estrutura e dinâmica da erva-de-passarinho Psittacanthus robustus Mart. em manchas de habitat em três áreas de cerrado. 2010. 74 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2010. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13477
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract Psittacanthus robustus Mart. (Loranthaceae) é uma erva-de-passarinho que coloniza principalmente espécies de Vochysiaceae em Cerrados brasileiros. Vochysia thyrsoidea Pohl (Vochysiaceae), uma espécie arbórea, é uma das principais hospedeiras do P. robustus. O objetivo do presente trabalho é avaliar a estrutura e dinâmica metapopulacional da erva-de-passarinho P. robutus sobre população de V. thyrsoidea em três áreas de Cerrado. Foram estudadas três áreas, a primeira área situa-se no município de Lavras (Parque Ecológico Quedas do Rio Bonito - PEQRB), trata-se de um cerrado rupestre. A segunda e terceira áreas encontram-se no município de Carrancas. A área de estudo Carrancas-Zilda (CZ) corresponde a uma fisionomia de Cerrado Sensu Stricto e a área Carrancas-Esmeralda (CE) trata-se de um Cerrado Rupestre. Foram amostrados 2,8 hectares em cada área. Todos os indivíduos de V. thyrsoidea (manchas de habitat) com altura igual ou superior a dois metros foram amostrados. Para se avaliar o padrão de parasitismo do P. robustus, todos os indivíduos encontrados nas árvores de V. thyrsoidea foram registrados. As populações foram monitoradas em intervalos de seis meses. Comparando as áreas de estudo, houve diferenças no número de indivíduos de P. robustus entre as áreas devido ao fogo. A área CE foi queimada antes do estudo e nas áreas PEQRB e CZ não ocorreu fogo. Ainda não havia na literatura relato sobre a sensibilidade do P. robustus ao fogo. Houve um claro padrão de parasitismo, onde os indivíduos maiores de V. thyrsoidea eram os mais parasitados e, a espécie apresenta uma agregação de indivíduos em escala local independente do padrão encontrado para a espécie hospedeira. Em relação à dinâmica do P. robustus e da V. thyrsoidea, as taxas de mudanças foram baixas para os hospedeiros e altas para as ervas-de-passarinho. A área controle (ausência de fogo) PEQRB foi a área em que ocorreu maior mortalidade de V. thyrsoidea. Nessa área, todas as manchas mortas apresentaram hemiparasitas, provavelmente, o parasitismo foi à causa da extinção das manchas. Ocorreu à extinção de sub-populações locais sem a extinção da mancha, houve re- colonizações e a dinâmica entre as manchas de habitat é assincrônica. A dinâmica do P. robustus pode ser vista como uma metapopulação. pt_BR
dc.description.abstract Psittacanthus robustus Mart. (Loranthaceae) is mistletoe that colonizes mainly Vochysiaceae species in Brazilian Cerrado. Vochysia thyrsoidea Pohl (Vochysiaceae), a tree species, is one of the main hosts of P. robustus. The objective of this study is to evaluate the structure and metapopulational dynamics of the mistletoe on V. thyrsoidea population in three Savannah areas. The studied was carried in three areas, the first is located in the Lavras city (Parque Ecológico Quedas do Rio Bonito), this site is a “Cerrado Rupestre”. The second and third areas are located in the Carrancas municipality. The site Carrancas-Zilda (CZ) is a “Cerrado sensu stricto” physiognomy and the area Carrancas-Esmeralda é a “Cerrado Rupestre”. Were sampled 2.8 hectares in each area. All V. thyrsoidea individuals (habitat patch) with height more than two meters were inventoried. To evaluate the P. robustus parasitism pattern, all the individuals found in V. thyrsoidea trees were recorded. The populations were monitored at intervals of six months. Comparing the sites, there were differences in the number of P. robustus individuals among the areas due to fire. The site CE was burned before the study and in areas PEQRB and CZ there weren’t fire. Still didn’t report in the literature about the P. robustus fire sensitivity. There was a strong parasitism pattern, where the biggest V. thyrsoidea individuals were the most infected and, the P. robustus showed an aggregation of individuals at the local level regardless of the pattern found for the host species. In relation to the P. robustus dynamics, the rates of change were low for the host and higher for mistletoe. The control area (without fire) PEQRB was the site with the greatest mortality of V. thyrsoidea. In this area all the patches died had mistletoe, probably; the parasitism was the cause of the extinction of the patches. Occurred the local subpopulation extinction without the patch extinction, were observed re-colonization and the dynamics among the habitat patches were asynchronous. In conclusion, dynamics of P. robustus can be viewed like a metapopulation. pt_BR
dc.format 74 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Estrutura e dinâmica da erva-de-passarinho Psittacanthus robustus Mart. em manchas de habitat em três áreas de cerrado pt_BR
dc.title Structure and dynamics of the mistletoe Psittacanthus robustus Mart. (Loranthaceae) on habitat patches in three Cerrado areas pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Grazielle Sales Teodoro.PDF 723.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account