Biblioteca Florestal
Digital

Biodiversidade e impacto de grandes empreendimentos hidrelétricos na bacia Tocantins-Araguaia: uma análise sistêmica

Show simple item record

dc.contributor.advisor Nogueira, Cristiano de Campos
dc.contributor.author Choueri, Ricardo Brasil
dc.date.accessioned 2015-04-24T13:12:06Z
dc.date.available 2015-04-24T13:12:06Z
dc.date.issued 2013-07-27
dc.identifier.citation CHOUERI, R. B. Biodiversidade e impacto de grandes empreendimentos hidrelétricos na bacia Tocantins-Araguaia: uma análise sistêmica. 2013. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Instituto de Ciências Biológicas, Universidade de Brasília, Brasília. 2013. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13466
dc.description Dissertação de mestrado defendida no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília pt_BR
dc.description.abstract Usinas hidrelétricas estão entre as obras de infraestrutura que provocam grandes alterações nas paisagens, com impactos de interrupção de rotas migratórias, perda de elementos da fauna e flora e perda de hábitats. Muito se tem discutido sobre as diferentes maneiras de mitigar ou compensar estes impactos. Nesse sentido, o Planejamento Sistemático de Conservação (PSC) pode ser uma importante ferramenta para se abordar esses impactos de modo integrado e em uma escala regional. Diante das ameaças de destruição de hábitats ocasionadas pela implantação e operação de hidrelétricas e com as perspectivas de mitigação de impactos pela metodologia do PSC, o presente estudo visa analisar e quantificar o impacto dos grandes empreendimentos hidrelétricos na Região Hidrográfica do Araguaia-Tocantins sobre grupos indicadores para a conservação da biodiversidade: espécies ameaçadas e espécies endêmicas de vertebrados, visando propor subsídios a estratégias mais adequadas e sistêmicas de planejamento territorial e conservação. Foram considerados dois cenários, um apenas com as usinas hidrelétricas em operação (oito usinas) e outro com usinas em operação e previstas (26 usinas). Foram selecionados 42 alvos de conservação, entre espécies endêmicas e ameaçadas de extinção de vertebrados. Vinte e seis espécies tiveram sua distribuição geográfica potencial modelada pelo algoritmo MAXENT e 16 espécies, com menos de 10 registros de ocorrência, tiveram sua distribuição associadas às ottobacias nível 6 da ANA. Para cada espécie alvo foram selecionadas metas de conservação, e tais metas se dividiram em três níveis de acordo com o tamanho da distribuição geográfica de cada alvo. Espécies com menos de 500 mil ha na região hidrográfica deveriam ter pelo menos 75% de área de distribuição protegida por UC de proteção integral; entre 500 mil ha e 5 milhões de ha deveriam ter pelo menos 50%; e acima de 5 milhões de ha deveriam ter pelo menos 25% da distribuição protegida. Para o processo de priorização de áreas foi utilizado o software ConsNet. Os resultados indicam que, considerando o cenário atual, seria necessário o incremento de 6,1 milhões de ha em UC de Proteção Integral, ou 550% da área atual, e o cenário futuro indica um acréscimo de quase 100 mil ha a esse valor. O trabalho também indica que o PSC pode ser uma poderosa ferramenta na busca do consenso entre atores com diferentes interesses nas bacias hidrográficas. pt_BR
dc.description.abstract Hydroelectric power plants are among the infrastructure projects that cause large changes in the landscape, causing the interruption of migratory routes and the loss of fauna and flora and habitat types. Much has been discussed about the different ways to mitigate or compensating these impacts. In this sense, Systematic Conservation Planning (PSC) can be an important tool to address these impacts in an integrated manner and on a regional scale. In the face of threats of habitat destruction caused by the construction and operation of hydroelectric plants and the prospects for mitigating the impacts of PSC methodology, this study aims to analyze and quantify the impact of large hydroelectric projects in the Araguaia-Tocantins Hydrographic Region. We used endangered and endemic species of vertebrates as indicator groups for conservation priorities, in order to propose subsidies for systemic territorial planning and conservation. We considered two scenarios, one with only the hydroelectric plants in operation (8 plants) and another including also all the planned hydroelectric plants (26 plants). Forty-two species were selected as conservation targets, including endemic and endangered species of vertebrates. Twenty-six species had their potential geographical distribution modeled by MAXENT and 16 species, with fewer than 10 records of occurrence, had their distribution associated with ANA’s level 6 ottobasins. Three goals were selected according to geographical distribution. Species with less than 500,000 ha of geographic distribution in the region should have at least 75% of the distribution area protected, species with ranges between 500,000 and 5 million ha should have at least 50%; and species with ranges above 5 million ha should have at least 25%. For the prioritization process we used the ConsNet software. The results indicate that, considering the current scenario, it would be necessary to increase 6.1 million ha in UC of Integral Protection, or 550% of the current area, and the future scenario indicates an increase of almost 100,000 ha to that value. The work also indicates that the PSC can be a powerful tool in the search for consensus among actors with different interests in the basins. pt_BR
dc.format 62 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Ciências Biológicas, Universidade de Brasília pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Avaliação de impactos ambientais pt_BR
dc.title Biodiversidade e impacto de grandes empreendimentos hidrelétricos na bacia Tocantins-Araguaia: uma análise sistêmica pt_BR
dc.title Biodiversity and impact of large hydroelectric projects in the Tocantins-Araguaia basin: a systemic analysis pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Ricardo Brasil Choueri.pdf 5.195Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account