Biblioteca Florestal
Digital

Diversidade de Neuroptera (Insecta) na Mata do Baú, Barroso, MG

Show simple item record

dc.contributor.advisor Souza, Brígida de
dc.contributor.author Silva, Marise da
dc.date.accessioned 2015-04-13T17:42:35Z
dc.date.available 2015-04-13T17:42:35Z
dc.date.issued 2012-02-16
dc.identifier.citation SILVA, M. Diversidade de Neuroptera (Insecta) na Mata do Baú, Barroso, MG. 2012. 79 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2012. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13342
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract Visando conhecer a fauna componente da comunidade de Neuroptera em uma área prioritária para conservação, efetuaram-se o levantamento das espécies e o estudo da riqueza, da abundância e de sua distribuição sazonal. O estudo foi realizado na Mata do Baú, município de Barroso, Minas Gerais, no período de março de 2010 a fevereiro de 2011. Os insetos foram coletados com rede entomológica, em três fitofisionomias: mata semidecídua, cultivo de eucalipto e mata ciliar ao longo da margem do rio das Mortes. Foram realizadas 24 coletas, com duração de duas horas. Os neurópteros capturados foram encaminhados para o Laboratório de Recepção e Triagem de Material, no Departamento de Entomologia da Universidade Federal de Lavras, onde foram quantificados e montados em alfinetes entomológicos. Os exemplares foram enviados a especialistas nos respectivos grupos para identificação. Foram coletados, nos três ambientes amostrados, 659 espécimes, distribuídos entre cinco famílias, quinze gêneros e trinta espécies. Ascalaphidae foi representada por 3 gêneros, 3 espécies e 6 espécimes; Chrysopidae, por 5 gêneros, 18 espécies e 619 espécimes; Hemerobiidae, por 3 gêneros, 5 espécies e 28 espécimes; Mantispidae, por 2 gêneros, 2 espécies e 2 espécimes e Myrmeleontidae, por 2 gêneros, 2 espécies e 4 espécimes. Coletaram-se, também, três exemplares de Coniopterygidae, ainda não identificados. A análise da comunidade foi feita somente para Chrysopidae, pois os espécimes pertencentes às demais famílias foram pouco abundantes. Os gêneros de Chrysopidae com maior número de espécies foram Leucochrysa Mc Lachlan, 1868 (9 espécies) e Ceraeochrysa Adams, 1982 (4). Os gêneros com maior número de espécimes foram Chrysopodes Navás, 1913, com 186 exemplares, e Chrysoperla Steinmann, 1964, com 288 exemplares, todos pertencentes a Chrysoperla externa (Hagen, 1861), sendo esta a espécie mais abundante e restrita ao ambiente do eucaliptal. Foi constatada maior riqueza, diversidade e similaridade nos ambientes de mata em relação à área ocupada com eucaliptos. Verificou-se que a maior abundância de crisopídeos nos ambientes de mata coincidiu com o período de elevação da temperatura e da precipitação pluvial e o oposto ocorreu na área do eucaliptal. Os resultados obtidos confirmam a importância do conhecimento e da conservação da Mata do Baú para a manutenção da diversidade de neurópteros. pt_BR
dc.description.abstract To get acquainted with the component fauna of the community of the Neuroptera in a priority area for conservation, we performed a survey of species and a study of richness, abundance and seasonal distribution. The study was carried out at "Mata do Baú", Barroso County, Minas Gerais, from March 2010 to February 2011. The insects were collected with entomological nets in three kinds of vegetation: semi-deciduous forest, eucalyptus cultivation and riparian forest along the banks of the Rio das Mortes. 24 collect were realized with duration of two hours each. The Neuroptera captured were forwarded to the laboratory of the Department of Entomology, Federal University of Lavras, Minas Gerais, where they were quantified and mounted on entomological pins. These insects were sent to specialists for identification in their respective groups. We collected, in the three habitats sampled, 659 specimens, distributed among five families, fifteen genera and thirty species. Ascalaphidae was represented by three genera, three species and six specimens. Chrysopidae by 5 genera, 18 species and 619 specimens. Hemerobiidae by 3 genera, 5 species and 28 specimens. Mantispidae by 2 genera, 2 species and 2 specimens, and Myrmeleontidae represented by 2 genera, 2 species and 4 specimens. Were collected also three specimens of Coniopterygidae, not identified yet. The community analysis was made only for Chrysopidae, because specimens of the other families were of low abundance. The genera of Chrysopidae with a larger number of species were Leucochrysa Mc Lachlan, 1868 (9 species) and Ceraeochrysa Adams, 1982 (4). The genera with the largest number of especimens were Chrysopodes Navás, 1913, with 186 specimens, and Chrysoperla Steinmann, 1964, with 288 ones, all belonging to Chrysoperla externa (Hagen, 1861). This species was the most abundant and it was restricted to the eucalyptus environment. The greater richness, diversity and similarity were observed in the forest environments in relation to the area cultivated with eucalyptus. It was found that the greater abundance of lacewings in the forest fragments coincided with the period of elevated temperature and rainfall and the opposite occurred for the area with eucalyptus. The results highlight the importance of knowing and conserve the “Mata do Baú” to maintain the diversity of Neuroptera. pt_BR
dc.format 79 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Diversidade de Neuroptera (Insecta) na Mata do Baú, Barroso, MG pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Marise Silva.pdf 394.5Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account