Biblioteca Florestal
Digital

Caracterização de Puccinia psidii, identificação de mirtáceas diferenciadoras de raças fisiológicas e estudos anatômicos do limbo foliar relacionados à resístência

Show simple item record

dc.contributor.advisor Furtado, Edson Luiz
dc.contributor.author Pieri, Cristiane de
dc.date.accessioned 2015-04-13T13:58:28Z
dc.date.available 2015-04-13T13:58:28Z
dc.date.issued 2012-08-30
dc.identifier.citation PIERI, C. Caracterização de Puccinia psidii, identificação de mirtáceas diferenciadoras de raças fisiológicas e estudos anatômicos do limbo foliar relacionados à resístência. 2012. 171 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Botucatu. 2012. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13331
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” pt_BR
dc.description.abstract O fungo Puccinia psidii é o agente causal da doença conhecida como ferrugem. Esse patógeno ataca a cultura do eucalipto e, também, algumas espécies frutíferas da família Myrtaceae. Em áreas próximas a plantios comerciais de eucalipto podem ocorrer espécies frutíferas de mirtáceas. Se dentro dessas espécies estiver àquelas suscetíveis ao patógeno, essas servirão de fonte de inóculo para o eucalipto, sendo prejudicial para a exploração econômica da referida espécie. O estudo da variabilidade fisiólogica do patógeno P. psidii e sua relação com seu hospedeiro (no caso espécies de mirtáceas) é de suma importância para se traçar estratégias de controle e, também manejar de forma sustentável a doença na cultura do eucalipto e de mirtáceas frutíferas que são exploradas economicamente, como a goiabeira. Portanto, o projeto em questão visou o estudo da fisiologia do fungo P. psidii e sua relação com espécies frutíferas da família Myrtaceae. Especificamente, foi estudada a patogenicidade, em ambiente controlado, sobre dez espécies de mirtáceas, sendo Araçá do cerrado (Psidium cattleianum), Cabeludinha (Myrciaria glazioviana), Cereja-do-rio-grande (Eugenia involucrata), Eucalipto (Eucalyptus cloeziana); Grumixama (Eugenia brasiliensis); Jambinho (Acmena smithii), Jambo (Syzygium jambos); Jambolão (Syzygium cumini); Pitanga (Eugenia uniflora) e Uvaia (Eugenia pyriformis). Seis inóculos do patógeno foram obtidos de plantas doentes coletados na região de Botucatu/SP. Em cinco espécies, sendo Myrciaria glazioviana, Eugenia involucrata, Eucalyptus cloeziana, Acmena smithii, Syzygium jambos, foram efetuadas a caracterização anatômica foliar visando à observação de diferenças estruturais nos limbos foliares e, ainda, complementou- se à essa caracterização por meio de análise de microscopia eletrônica de varredura, de modo a visualizar a superfície foliar de cada hospedeiro frente ao ataque pelo patógeno. Através dos estudos obtidos foi possível agrupar as espécies vegetais em 6 grupos de espécies diferenciadoras à Puccinia psidii e, 4 raças diferentes de Puccinia psidii foram encontradas. Constatou-se diferenças no tamanho, forma e ornamentações dos urediniósporos obtidos. E, que a presença da compactação celular das células parenquimáticas e a presença de tricomas podem conferir resistência à infecção por Puccinia psidii. pt_BR
dc.description.abstract The Puccinia psidii fungus is the causative agent of the disease known as rust. The pathogen attacks the cultivation of eucalyptus and also some fruits species of Myrtaceae family. In areas close to commercial plantations of eucalyptus species may grow fruits from this family. If within these species are those susceptible to the pathogen, these serve as a source of inoculum for Eucalyptus, being detrimental to the economic exploitation of that species. The study of physiological variability of the pathogen P. psidii and its relationship with its host (in the case of Myrtaceae species) is of paramount importance to strategize and control, also sustainably manage the disease in the cultivation of eucalyptus and fruit Myrtaceae that are exploited economically, as the guava. Therefore, the project in question was aimed at the study of the physiology of the fungus P. psidii and its relation with fruit species of the Myrtaceae family. Specifically, we studied the pathogenicity, in a controlled environment, about ten species of Myrtaceae, being Strawberry guava (Psidium cattleianum) Yellow jaboticaba (Myrciaria glazioviana), Cherry-the-river-wide (Eugenia involucrata), Eucalyptus (Eucalyptus cloeziana); Grumichama (Eugenia brasiliensis); Lilly Pilly (Acmena smithii), Plum Rose (Syzygium jambos), Black Plum (Syzygium cumini); Brazilian cherry (Eugenia uniflora) and Uvaia (Eugenia pyriformis). Six of the pathogen inocula were obtained from diseased plants collected in Botucatu / SP. In five species, Myrciaria glazioviana, Eugenia involucrata, Eucalyptus cloeziana, Acmena smithii, Syzygium jambos were made anatomical characterization leaf aimed at observation of structural differences in the leaf blades and also added up to this characterization by analysis of scanning electron microscopy in order to visualize the leaf surface of each host against the attack by the pathogen. Through studies obtained was possible to group the species into 6 groups of differentiating the species Puccinia psidii and 4 different races of Puccinia psidii were find .We realized that were differences in size, shape and ornamentation of the urediniospores obtained. And, the presence of the compaction cell of parenchyma cells and trichomes may confer resistance to infection by Puccinia psidii. pt_BR
dc.format 171 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Proteção florestal: pragas e doenças pt_BR
dc.title Caracterização de Puccinia psidii, identificação de mirtáceas diferenciadoras de raças fisiológicas e estudos anatômicos do limbo foliar relacionados à resístência pt_BR
dc.title Characterization Puccinia psidii, identification myrtaceae race differential physiological and anatomical studies related to the limbo leaf resistance pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_Cristiane de Pieri.pdf 6.306Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account