Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação de modelos de afilamento para clones de Eucalipto em um sistema agroflorestal

Show simple item record

dc.contributor.advisor Leite, Helio Garcia
dc.contributor.author Gonçalves, Luiz Eduardo Sapori
dc.date.accessioned 2015-03-27T19:39:35Z
dc.date.available 2015-03-27T19:39:35Z
dc.date.issued 2014-12
dc.identifier.citation GONÇALVES, L. E. S. Avaliação de modelos de afilamento para clones de Eucalipto em um sistema agroflorestal. 2014. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13309
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract Sistemas agroflorestais (SAF) são métodos de uso ou manejo da terra que visam conciliar uma cultura florestal arbórea com culturas agrícolas e, ou com criação de animais. É uma alternativa ao modelo convencional de monocultivo, permitindo às propriedades aumentar seus rendimentos, com diversas espécies cultivadas de forma simultânea, otimizando a utilização da terra, pela contínua venda de produtos agrícolas, madeira e produto de origem animal. Logo por se tratar de um sistema produtivo tão diversificado, as equações de afilamento do fuste surgem como um mecanismo de otimização da produção do sistema agroflorestal. A partir delas, é possível estimar a altura onde um determinado diâmetro ocorre e o volume de partes do fuste, ou seja, quantificam os multiprodutos da madeira, assim permitindo maior produtividade do sistema . Os objetivos deste trabalho foram: a) avaliar diferentes modelos de afilamento (Taper) visando selecionar a melhor equação para estimar multiprodutos em clones de eucalipto em sistemas agroflorestais; b) avaliar o efeito da idade na forma do fuste de clones de eucalipto em sistemas agroflorestais. A partir de um conjunto de dados provenientes de inventários florestais contínuos conduzidos em um sistema agroflorestal na região de Vazante-Mg, foram ajustadas funções de taper. Conforme as estatísticas de acuracia e os gráficos, a equação de Demaerschalk, por apresentar o melhor desempenho, foi escolhida para testar o efeito da idade na forma do fuste da população. Ao fazer essa análise foi evidenciado que não ocorre efeito significativo no perfil do fuste até os , o que de fato acontece, é aumento da conicidade do fuste a medida que a árvore fica mais velho. pt_BR
dc.format 33 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sistemas agroflorestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Avaliação de modelos de afilamento para clones de Eucalipto em um sistema agroflorestal pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Monografia_Luiz Eduardo Sapori Gonçalves.pdf 2.300Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account