Biblioteca Florestal
Digital

Diversidade genética de Ceratocystis fimbriata em Eucalyptus spp. no sul da Bahia

Show simple item record

dc.contributor.advisor Alfenas, Acelino Couto
dc.contributor.author Pimenta, Lucas Veiga Ayres
dc.date.accessioned 2015-03-27T19:22:25Z
dc.date.available 2015-03-27T19:22:25Z
dc.date.issued 2014-12
dc.identifier.citation PIMENTA, L. V. A. Diversidade genética de Ceratocystis fimbriata em Eucalyptus spp. no sul da Bahia. 2014. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13305
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract A murcha-de-ceratocystis causada pelo fungo Ceratocystis fimbriataem eucalipto é, atualmente, uma das mais importantes doenças que ocorre na cultura do eucalipto. Seu controle é realizado mediante o plantio de plantas resistentes. Embora a seleção de genótipos resistentes seja eficiente para o controle da doença, recentes estudos tem revelado uma alta variabilidade genética e patogênica nas populações de isolados de C. fimbriata, o que pode comprometer a correta seleção de materiais resistentes. Assim, o presente estudo teve como objetivo determinar a diversidade genética de isolados de C. fimbriata obtidos de Eucalyptus spp. na região do sul da Bahia, Brasil, por meio de marcadores microssatélites. Dos 36 isolados obtidos, 31 foram distribuídos em quatro diferentes populações, que foram divididas de acordo com os municípios da obtenção dos isolados. Os cinco isolados pertencentes aos municípios que não conseguiram gerar uma população, foram utilizados somente nas análises de indivíduos. Dos 13 marcadores SSR utilizados sete marcadores foram polimórficos para os isolados estudados, obtendo25 genótipos dentre os 36 isolados. Uma baixa movimentação dos genótipos foi observada entre as populações estudadas. Altos valores de diversidade gênica de Nei (H) e diversidade genotípica (G) foram observados, principalmente, nas populações de Porto Seguro e Canavieiras. Esses altos valores de diversidade gênica e genotípica nas populações de C. fimbriata em Eucalyptus no sul da Bahia indica que o fungo é nativo desta região.A análise de variância molecular (AMOVA) mostrou que a principal fonte de variação ocorre dentro de populações, o que indica a existência de baixo fluxo gênico. pt_BR
dc.format 52 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Proteção florestal: pragas e doenças pt_BR
dc.title Diversidade genética de Ceratocystis fimbriata em Eucalyptus spp. no sul da Bahia pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Monografia_Lucas Veiga Ayres Pimenta.pdf 909.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account