Biblioteca Florestal
Digital

Estocagem de carbono em sistemas silvipastoris com diferentes espaçamentos e materiais genéticos e suas contribuições para minimização das mudanças climáticas

Show simple item record

dc.contributor.advisor Jacovine, Laércio Antônio Gonçalves
dc.contributor.author Schettini, Bruno Leão Said
dc.date.accessioned 2015-03-27T14:17:23Z
dc.date.available 2015-03-27T14:17:23Z
dc.date.issued 2014-12
dc.identifier.citation SCHETTINI, B. L. S. Estocagem de carbono em sistemas silvipastoris com diferentes espaçamentos e materiais genéticos e suas contribuições para minimização das mudanças climáticas. 2014. 18 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2014. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/13296
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract A carência de estudos sobre o estoque de carbono em Sistemas Agroflorestais (SAFs) no Brasil e a geração de dados mais precisos que auxiliem no cumprimento das metas de reduções de emissões de Gases de Efeito Estufa estabelecidas pelo país motivaram a execução deste estudo. Assim o objetivo do trabalho foi estimar o estoque de carbono em 4 Sistemas Silvipastoris, com diferentes espaçamentos e materiais genéticos. O estudo foi conduzido em uma propriedade no município de Porto Firme, MG. Foram avaliados quatro sistemas silvipastoris, aos oito anos de idade, denominados de Sistema 1 (S1), Sistema 2 (S2), Sistema 3 (S3) e Sistema 4 (S4). O espaçamento utilizado para o componente florestal foi de 6x4 m nos sistemas S1, S2, S3 e 8x4 m no S4. Os clones utilizados em cada área foram denominados de clone A, para o S1 e S4, clone B para o S2 e clone C para o S3. Foi realizado inventário florestal do tipo censo, em que todas as árvores tiveram sua circunferência com casca a 1,30 metros de altura mensurados. Para altura, foram escolhidas árvores-amostra representativas de cada classe diamétrica. Para a estimativa de altura das árvores do povoamento que não foram medidas, foi feita relação hipsométrica. Após a separação das árvores de acordo com seus diâmetros, foram selecionados três indivíduos de cada classe para realização da cubagem rigorosa. O método empregado foi o não destrutivo, utilizando o Pentaprisma, em conjunto com o Dendrometro Criterion. Foram mensurados os diâmetros com casca de cada indivíduo às alturas de 0 m, 0,30 m, 0,70 m, 1,30 m e, a partir dessa altura, a cada 1 metro até o diâmetro mínimo de 6,5 cm. Para a estimativa volumétrica de cada seção foi utilizado a fórmula de Smalian, a partir do diâmetro mínimo de 6,5 cm foi adotado o restante do tronco com um cone. De posse dos dados de DAP, altura total e volume das árvores selecionadas, foram ajustadas, para cada área, equações alométricas baseadas nos modelos de Schumacher e Hall e Spurr. O Sistema 3 foi o que obteve o maior estoque de carbono (50,1 tC.ha -1 ). Para os demais sistemas a estocagem de carbono foram próximas, sendo o Sistema 2 com segundo maior estoque de carbono (43,0 tC.ha -1 ). Assim como o estoque total de carbono, o IMAc (Incremento Médio Anual de Carbono) seguiu a mesma ordem, sendo o S1 com maior incremento, seguido por S2, S4, S1. Dos três clones testados, o clone C é o mais recomendado para plantios na região, levando em consideração o seu maior potencial de estocagem de carbono.Para o clone A, o espaçamento de 8x4 m é o mais recomendado, com a finalidade de estocagem de carbono. O clone é também o mais denso dentre os avaliados. Dessa pôde-se concluir que os SAF’s possuem contribuição para a estocagem de carbono, devendo, com isso, serem incentivados pelo governo. pt_BR
dc.format 18 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sistemas agroflorestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente pt_BR
dc.title Estocagem de carbono em sistemas silvipastoris com diferentes espaçamentos e materiais genéticos e suas contribuições para minimização das mudanças climáticas pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Monografia_Bruno Leao Said Schettini.pdf 909.2Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account