Biblioteca Florestal
Digital

Influência do oídio nas castanhas de diferentes genótipos de cajueiro

Show simple item record

dc.contributor.author Serrano, Luiz Augusto Lopes
dc.contributor.author Vidal Neto, Francisco das Chagas
dc.contributor.author Melo, Dheyne Silva
dc.contributor.author Cardoso, José Emilson
dc.date.accessioned 2014-12-02T11:29:35Z
dc.date.available 2014-12-02T11:29:35Z
dc.date.issued 2013-12
dc.identifier.citation SERRANO, L. A. L. et al. Influência do oídio nas castanhas de diferentes genótipos de cajueiro. Fortaleza: Embrapa Agroindústria Tropical, Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, n. 76, 2013. 20p. pt_BR
dc.identifier.issn 1677-1907
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/13062
dc.description O conteúdo é apresentado em oito capítulos: 1 - Resumo; 2 - Abstract; 3 - Introdução; 4 - Material e métodos; 5 - Resultados e discussão; 6 - Conclusões; 7 - Agradecimentos; 8 - Referências. pt_BR
dc.description.abstract Atualmente, o oídio é a principal doença do cajueiro no Brasil. Os danos decorrentes têm causado prejuízos diretos aos produtores, pois afetam tanto o pedúnculo quanto a castanha. Ainda são poucas as informações sobre a influência da doença na qualidade das castanhas e amêndoas. Esta pesquisa teve como objetivo comparar as características biométricas de castanhas sadias e doentes de diferentes genótipos de cajueiro do programa de melhoramento genético da Embrapa. A ocorrência de oídio nas castanhas afetou negativamente as suas características biométricas, assim como as das amêndoas, mas com variação entre os genótipos. As massas das castanhas e das amêndoas dos genótipos ‘Comum 5’, ‘Comum 21’ e ‘FAGA 1’ não foram influenciados pela incidência de oídio. Os maiores decréscimos na massa da castanha ocorreram nas dos genótipos ‘Pio 3’, ‘Pio 15’, ‘Pio 9’, ‘FAGA 11’, ‘Comum 31’ e ‘Comum 16’, entre 22,4% e 26,6%. Quanto às amêndoas, os maiores decréscimos na massa ocorreram nas dos genótipos ‘Pio 11’, ‘Pio 9’, ‘Pio 4’, ‘Comum 31’, ‘Pio 15’, ‘Comum 16’ e ‘Pio 7’, entre 21,2% a 24,4%. Os resultados mostraram que a ação do fungo é genótipo-dependente, havendo a possibilidade de se obterem genótipos tolerantes à doença. pt_BR
dc.format 20 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Embrapa Agroindústria Tropical pt_BR
dc.relation.ispartofseries Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento;76
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Proteção florestal: pragas e doenças pt_BR
dc.title Influência do oídio nas castanhas de diferentes genótipos de cajueiro pt_BR
dc.type Boletim Técnico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
76_Influencia d ... genotipos de cajueiro.pdf 1.414Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account