Biblioteca Florestal
Digital

Fitossociologia do estrato arbóreo em uma toposseqüência alterada de mata atlântica, no município de Silva Jardim-RJ, Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Borém, Rosângela Alves Tristão
dc.contributor.author Oliveira-Filho, Ary Teixeira de
dc.date.accessioned 2014-11-19T12:54:19Z
dc.date.available 2014-11-19T12:54:19Z
dc.date.issued 2002
dc.identifier.citation BORÉM, R. A. T.; OLIVEIRA-FILHO, A. T. Fitossociologia do estrato arbóreo em uma toposseqüência alterada de mata atlântica, no município de Silva Jardim-RJ, Brasil. Revista Árvore, Viçosa, v. 26, n. 6, p. 727-742, 2002. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12827
dc.description.abstract Este estudo foi realizado em um fragmento de Floresta Atlântica pertencente à fazenda Biovert, no município de Silva Jardim, Rio de Janeiro. Teve como objetivos a caracterização da vegetação e a análise da estrutura da comunidade arbórea que ocorre ao longo de uma toposseqüência de um trecho de Floresta Atlântica bastante alterado antropicamente, de forma a estabelecer critérios adequados para seu manejo e sua recuperação. Para o estudo foi empregado o método de amostragem por parcelas de área fixa, distribuídas de forma sistemática, na toposseqüência. Os dados foram coletados de parcelas amostrais de 600 m 2 , alocadas nos terços inferior, médio e superior de uma toposseqüência. Foram registrados, por espécie, os nomes vulgares e científicos e a circunferência do tronco a 1,30 m (CAP). No levantamento da composição florística foram constatadas 43 famílias, 95 gêneros e 129 espécies, obtendo-se um índice de diversidade de Shannon (H’) de 4,137 nats/indivíduo. As espécies mais importantes (VI) foram Euterpe edulis, Cecropia glaziovii, Astrocaryum aculeatissimum e Piptadenia gonoacantha. pt_BR
dc.description.abstract This work was developed in a fragment of the Atlantic Forest, owned by Biovert Farm in Silva Jardim-RJ, Brazil to characterize and analyze the arboreous community structure occurring along an anthropically modified toposequence, to determine adequate criteria for its management and recuperation. The floristic composition and the phytosociological structure of the forest covering were studied. Data were collected from sample plots of 600 m 2 , which were divided according to the topography into lower, middle, and upper slope, located in a soil toposequence. The common and scientif names and the diameter at breast height (DBH) were recorded for every individual. In the floristic composition survey, 43 families, 95 genera and 129 species were determined. Shannon diversity index (H’) was 4.137 nats/individual. The most important species (VI) were: Euterpe edulis, Cecropia glaziovii, Astrocaryum aculeatissimum and Piptadenia gonoacantha. pt_BR
dc.format 16 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.26,n.6;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.title Fitossociologia do estrato arbóreo em uma toposseqüência alterada de mata atlântica, no município de Silva Jardim-RJ, Brasil pt_BR
dc.title Phytosociology of the woody stratum of a modified atlantic forest toposequence in Silva Jardim-RJ, Brazil pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Arvore_v26_n6_p727-742_2002.pdf 2.504Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account