Biblioteca Florestal
Digital

Eficiência de utilização de nutrientes e sustentabilidade da produção em procedências de Eucalyptus grandis e Eucalyptus saligna em sítios florestais do estado de São Paulo

Show simple item record

dc.contributor.author Santana, Reynaldo Campos
dc.contributor.author Barros, Nairam Félix de
dc.contributor.author Neves, Júlio Cézar Lima
dc.date.accessioned 2014-11-11T11:33:07Z
dc.date.available 2014-11-11T11:33:07Z
dc.date.issued 2002
dc.identifier.citation SANTANA, R. C.; BARROS, N. F.; NEVES, J. C. L. Eficiência de utilização de nutrientes e sustentabilidade da produção em procedências de Eucalyptus grandis e Eucalyptus saligna em sítios florestais do estado de São Paulo. Revista Árvore, Viçosa, v. 26, n. 4, p. 447-457, 2002. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/12658
dc.description.abstract A eficiência de utilização de nutrientes (EUN) e o crescimento de três procedências de Eucalyptus grandis e de três de E. saligna foram avaliados, aos 78 meses de idade, nos municípios de Angatuba, Itapetininga, Paraibuna, São Miguel Aracanjo e São José dos Campos, Estado de São Paulo. Houve variação na produção de biomassa entre os municípios, sendo as maiores produtividades observadas em São Miguel Aracanjo, seguido por Paraibuna, com os demais municípios constituindo um terceiro grupo. Dentro dos municípios não houve diferença entre materiais genéticos na produção de biomassa, exceto em São Miguel Arcanjo. Os materiais genéticos mostraram variações na EUN entre locais. Observou-se maior EUN de E. grandis em relação ao E. saligna para N, P e Mg, não havendo diferenças apreciáveis de eficiência entre as duas espécies para Ca e K. A alta EUN não está necessariamente ligada à alta produtividade. O Ca e o K são os nutrientes que mais poderão limitar a produtividade do próximo ciclo, quando se considera a colheita do tronco. Entretanto, esta limitação pode ser substancialmente reduzida, principalmente para o Ca, se a colheita for realizada apenas do lenho. pt_BR
dc.description.abstract Nutrient use efficiency and growth of three provenances of Eucalyptus grandis and three of E. saligna were evaluated, at 78 months of age, on various sites located in the counties of Angatuba, Itapetininga, Paraibuna, São Miguel Arcanjo and São José dos Campos, in the state of São Paulo, Brazil. There was a variation in biomass production among sites, with the highest yield being obtained in São Miguel Arcanjo, followed by Paraibuna. The other counties constituted a third group. The genetic materials revealed variations in nutrient use efficiency from site to site. E. grandis showed greater N, P, and Mg nutrient use efficiency than E. saligna. There were no appreciable differences in efficiency between the two species for Ca and K. High nutrient use efficiency is not necessarily related to high productivity. Ca and K are the nutrients that could most limit productivity of the next rotation, when harvesting the stem. However, this limitation can be substantially reduced, especially for Ca, if only stemwood is harvested. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.26,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Eficiência de utilização de nutrientes e sustentabilidade da produção em procedências de Eucalyptus grandis e Eucalyptus saligna em sítios florestais do estado de São Paulo pt_BR
dc.title Nutrient use efficiency and production sustainability of Eucalyptus grandis and Eucalyptus saligna provenances at different sites of São Paulo state pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Arvore_v26_n4_p447-457_2002.pdf 212.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account